Banner_head Governo do Estado

Banner_head Câmara

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Crato se prepara para receber primeiras doses da vacina contra a Covid-19


O Crato se prepara para receber as primeiras doses da vacina contra a Covid - 19. O Plano Municipal de Operacionalização para a Vacinação já está sendo posto em prática, para dar o ponta pé inicial, com as primeiras pessoas imunizadas contra a doença. O trabalho foi desenvolvido pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde.

O Prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil, comemora a liberação da vacina, neste domingo, 17, e afirma que todos os esforços serão mantidos no intuito de garantir a segurança, para o processo de vacinação na cidade, com todas as medidas de segurança necessária, já que se atravessa um momento de aumento dos casos de pessoas contaminadas.

Grupos prioritários

Os grupos prioritários na primeira etapa de vacinação, previamente definidos pelo Ministério da Saúde (MS), são os trabalhadores da saúde, idosos a partir de 75 anos, além de pessoas com mais de 60 anos, que vivem em instituições de longa permanência (ILPI) e instituições psiquiátricas. Além disso, segue nas etapas comunidades quilombolas, os indivíduos de 60 a 74 anos, as pessoas com comorbidades confirmadas e que serão amplamente divulgadas, para que a sociedade compreenda quem tem a garantia de oferta, pessoas com deficiências permanente severa, os trabalhadores da educação, força de segurança e salvamento, os funcionários do sistema prisional, detentos, além de motoristas de transportes coletivos e transportes rodoviários de cargas e pessoas em situação de rua.

Segundo a Secretária de Saúde do Crato, Marina Feitosa, o plano de operacionalização foi desenvolvido com o apoio da equipe técnica e vigilância em saúde, atenção à saúde, células de vigilância epidemiológica e imunização, assistência farmacêutica, e colaboração dos profissionais de saúde.

Estratégias de controle

O plano contempla estratégias e ações para prevenir controlar os casos da Covid -19 no Município do Crato. "Mas consideramos os grupos prioritários que foram previamente definidos pelo Ministério da Saúde e a possibilidade de expansão de pessoas, caso haja a disponibilidade no mercado para aquisição dos imunobiológicos", explica.

O planejamento prevê os insumos e organização, mobilização e comunicação, incluindo a logística para o desenvolvimento dessas ações. Isso inclui investimento já anunciado pelo Prefeito Zé Ailton Brasil, de R$ 7 milhões, que estará destinado para garantir o processo de vacinação em Crato, além do acompanhamento dos pacientes e todo o trabalho que envolve a prevenção de contágio do Coronavírus. "O plano também contém a previsão dos recursos necessários para toda a logística de um trabalho que consideramos nesse momento diferenciado, por estarmos em plena pandemia", diz a Secretária.

É de fundamental importância a organização Municipal para segurança das pessoas. Marina Feitosa ainda destaca todo o trabalho interinstitucional que está sendo garantido para iniciar a campanha, com o apoio de outras secretarias, além da sociedade civil.

Últimas notícias