Banner_head Governo do Estado

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Prefeitura de Fortaleza inicia vacinação de idosos em asilos


A campanha de imunização contra a Covid-19 em Fortaleza segue cumprindo o plano estabelecido pela Secretaria Municipal da Saúde. A partir desta terça-feira (19), 778 idosos residentes em instituições de longa permanência deverão ser imunizados contra o novo coronavírus. No início da manhã, o prefeito José Sarto (PDT) esteve no Lar Torres de Melo e reafirmou o compromisso do Município diante do combate à pandemia.

“A mensagem hoje é de esperança e de alegria. Em Fortaleza, cerca de 800 pessoas vivem em instituições de longa permanência e, nesta primeira fase da vacinação, de acordo com as autoridades sanitárias, fazem parte dos grupos prioritários. O Lar Torres de Melo é um dos lugares que terão 100% do seu público vacinado. Vamos continuar e vencer esta luta”, assegurou, acrescentando que trabalhadores do segmento também serão contemplados em toda a Cidade.

A vacinação pela CoronaVac ocorrerá em duas etapas. De acordo com o gestor, duas doses serão administradas em um intervalo de 21 dias entre ambas. A assistente social Adriana Lacerda, coordenadora do setor do Lar Torres de Melo, destacou a importância da celeridade da logística implantada pela Prefeitura de Fortaleza.

“Este é um momento histórico. A vacina foi esperada por todos os povos e por todas as nações. Imunizar os nossos idosos pouco tempo depois da liberação pela Anvisa reacende a nossa esperança. Só aqui, mais de 100 pessoas de 60 a 106 anos que ganharão uma chance a mais na vida. Isso nos acreditar em um novo tempo”, comemorou.

Aos 79 anos, o aposentado Elcias Albuquerque convive com doença pulmonar obstrutiva crônica. Diabético, ele superou, além de um câncer, a própria infecção pelo novo coronavírus durante o quadro pandêmico vigente. Ao receber a primeira dose da vacina, o aposentado deixou uma mensagem de superação e de esperança.

“Nós, idosos, somos muito vulneráveis a esta doença. Hoje, o Lar Torres de Melo está em festa. Hoje, fui presenteado com a primeira dose. Daqui a 21 dias, serei presenteado com a segunda. Em março, chegarei aos 80 anos imune, muito grato pela vacina e muito disposto a viver por anos e anos”, declarou.

Na oportunidade, a enfermeira Acácia Torres de Melo, gerente de saúde do Lar, relembrou os desafios enfrentados ao longo de 2020. “Durante o período mais grave da pandemia, 60% dos nossos idosos foram acometidos pela covid-19. Alguns agravaram, outros permaneceram assintomáticos. Para minimizar esses impactos, atuamos por meio de uma equipe multidisciplinar cumprindo protocolos específicos. Hoje, é gratificante viver este momento de vacinação”, reiterou.


Também morador da instituição, o indígena José Pereira chega aos 106 anos celebrando a imunização contra a covid-19. “A vacina chega em boa hora. Recebo com alegria”, festejou.

Vacinações simultâneas

Ainda nesta terça-feira (19), a Prefeitura de Fortaleza irá imunizar profissionais de saúde atuantes na linha de frente contra a Covid-19 do Instituto Dr. José Frota, do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Edson Queiroz.

Juazeiro - Auxiliar de serviços recebe vacina e alerta para a importância da imunização



“Não tenham medo! Tomem, é para o bem de todos. É um sinal de esperança”. Este foi o apelo da auxiliar de serviços da Unidade de Combate à Covid-19, Maria Auxiliadora Lima da Silva, 44, ao receber a primeira dose da vacina contra o novo Coronavírus, em Juazeiro do Norte. O ato, que ocorreu hoje, 19, às 8 horas, com a presença do prefeito Glêdson Bezerra, foi registrado por profissionais da imprensa de todo o Estado. Outros 14 profissionais da linha de frente da pandemia, entre médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, receberam o imunizante. Também presentes, a secretária de Saúde, Francimones Albuquerque, o vice-prefeito, Giovanni Sampaio, e o chefe de Gabinete, Carlos Macêdo. 

O sentimento de esperança trazido com a chegada da vacina contra a Covid-19 também foi manifestado pelo prefeito Glêdson Bezerra. “Ao chegar uma vacina como essa, a gente se sente vivo, com a esperança que a vida vai triunfar. A Prefeitura vai continuar trabalhando, incansavelmente, através da sua equipe de saúde, para que a gente possa imunizar toda a população”, disse o chefe do Executivo juazeirense.

Durante a cerimônia de vacinação, a titular da  Saúde lembrou que os pacientes só estarão completamente imunizados após receber a segunda dose, que deve acontecer em 21 dias. Francimones alertou, ainda, que os cuidados em prevenção à Covid-19 não podem relaxar, como usar a máscara, usar álcool em gel e manter o distanciamento, até que toda a população seja vacinada.

Maria Auxiliadora foi escolhida por ser a profissional de saúde mais velha, com  atuação naquela unidade de saúde. Ela contou que só soube da escolha no momento em que chegou ao trabalho, pela manhã.

MPCE e MPF requisitam informações sobre oferta e demanda de oxigênio hospitalar no Ceará


O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e o Ministério Público Federal (MPF) requerem, nesta segunda-feira (18/01), informações sobre a atual demanda de oxigênio hospitalar no Ceará recebida pela empresa White Martins Gases Industriais do Nordeste Ltda, que é fornecedora do insumo para equipamentos de saúde da rede pública e particular localizados no estado. O MPCE e o MPF requisitam à empresa dados separados por hospitais e unidades públicas e privadas, além de informações sobre a capacidade de ampliação da oferta em caso de aumento de demanda. O prazo para resposta é de cinco dias.

Os órgãos ministeriais também solicitam, no mesmo prazo, esclarecimentos sobre a demanda recebida pela empresa entre abril e agosto de 2020, o acréscimo desse período em relação à média registrada e as eventuais dificuldades para dar vazão à demanda recebida na ocasião. Por fim, são questionados dados relacionados ao direcionamento do insumo ao atendimento domiciliar em relação ao total fornecido, bem como qual é a demanda atual de atendimento domiciliar coberta pela empresa, direta ou indiretamente. O ofício foi assinado pela titular da 137ª Promotoria de Justiça de Fortaleza, promotora de Justiça Ana Cláudia Uchoa; pela procuradora de Justiça Isabel Pôrto; e pelos procuradores da República Alessander Wilckson Cabral Sales, Ana Karízia Távora Teixeira Nogueira, Márcio Andrade Torres, Nilce Cunha Rodrigues e Ricardo Magalhães de Mendonça.

Secretarias de Saúde

Na última sexta-feira (15/01), a 137ª Promotoria de Justiça de Fortaleza oficiou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) para que, no prazo de dez dias, se manifestem sobre o atual estoque de oxigênio para abastecimento e provisionamento das unidades de saúde. A Promotoria pediu, ainda, informações sobre eventuais procedimentos de compra já iniciados e em trâmite, com cópia de todos os contratos vigentes com esse objeto. Além disso, o MPCE requisitou esclarecimentos sobre o controle do estoque, o fluxo de informações entre as unidades de saúde e a Secretaria, a fiscalização do controle, a frequência de monitoramento, entre outros.

Cuidados com a Covid-19 devem continuar após vacinação


Com a aprovação das vacinas contra a Covid-19 pela Anvisa, brasileiros têm esperanças renovadas de tudo voltar a ser como antes da pandemia; com abraços apertados, reencontros entre amigos e familiares, além poder sair de casa sem máscara. 

Rodrigo Gonçalves Calazans, arquivista em Brasília, conta o que espera após a vacinação. “Que a vida volte ao normal, que possamos encontrar nossos amigos, nos reunir com a família, sem medo de trazer a doença para as pessoas.” 

Já Isabella Costa de Sousa, estudante brasiliense, está mais cautelosa quanto a tudo voltar ao normal rapidamente. “Acho que mesmo após tomarmos a vacina, ainda vai demorar um tempo para as coisas voltarem completamente ao normal. Pelo menos inicialmente, ainda vamos ter que usar máscara. Mas tenho esperança de que, pelo menos assim, abaixem os números de mortes, especialmente entre os idosos”, comenta.

Segundo a epidemiologista da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Ethel Maciel, Isabella tem razão. Em entrevista exclusiva ao portal Brasil61.com, a especialista afirma que, mesmo com o início da vacinação contra a Covid-19, é preciso que 70% da população esteja vacinada, para atingir a chamada imunidade de rebanho – o que pode demorar. “2021 vai ser um ano que ainda vamos  utilizar máscara, vai precisar fazer distanciamento físico. Álcool em gel e a lavagem das mãos vão ser nossos aliados”, recomenda.

A professora titular do Instituto de Ciências Biológicas, da Universidade de Brasília (UnB), Anamelia Lorenzetti Bocca, explica que nenhuma vacina apresentou 100% de proteção na população testada, até o momento. “Isso significa que uma parte das pessoas, que vão receber a vacina, vai ser capaz de transmitir o vírus para outras pessoas. Por isso, mesmo tomando a vacina, precisamos continuar usando máscaras”. No entanto, baseada nos testes clínicos da fase 3, a professora ressalta que as pessoas que tomarem a vacina, e ainda ficarem doentes, terão sintomas clínicos muito mais brandos.



Fonte: Brasil 61

Especialista em reabilitação de crédito, da Recomece Brasil, dá dicas de como aumentar a pontuação no score


Nos dias de hoje, ter uma boa pontuação no Serasa é muito importante, pois através da movimentação de scores, o Serasa tem acesso ao comportamento das pessoas e como elas tem se organizado com suas dívidas. 

O score é um tipo de pontuação que os órgãos de proteção ao crédito utilizam para avaliar os consumidores de acordo com seu histórico, dessa forma, é possível medir o grau de confiança no pagamento das contas das pessoas. 

Atualmente, muitas empresas estão aderindo ao sistema de score para liberar crédito no mercado. E foi pensando nisso que Bruno Souza, sócio- proprietário da Recomece Brasil, listou algumas dicas sobre como aumentar a pontuação de score e ajudar as pessoas a conseguirem um crédito no mercado.

1- Pagar as  contas em dia e ficar atento ao vencimento das faturas. Pois, quando atrasa pagamentos, o score vai baixando e dessa forma é mais difícil obter um crédito no mercado. 

2-Tenha contas em seu nome e dê preferência a compras a prazo. Há muitos casos em que a pessoa não está negativada, porém mesmo assim não consegue obter crédito no mercado. Isso pode ser consequência por ela não ter contas em seu nome e só fazer pagamentos à vista, dessa forma não é reconhecido como consumidor.

3-Atualize seus dados. É importante sempre atualizar seus dados em órgãos de proteção ao crédito e instituições financeiras que a pessoa possa ter interesse em conseguir crédito. 

4- Cuidado com a frequência de pedido de crédito. De acordo com Bruno, atirar para todos os lados atrás de crédito pode fazer com que seu score baixe ainda mais, devido ao alto número de pedidos por aumento de limite, empréstimos ou até cartão de crédito ao mesmo tempo.

5- Se você tem contas em aberto e não consegue efetuar o pagamento, pode procurar uma empresa especializada em reabilitação de crédito. Dessa forma, o cliente consegue obter um fôlego e através dos serviços especializados, consegue também um crédito no mercado e, assim, ir pagando suas dívidas.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Prefeitura de Fortaleza divulga Plano de Vacinação contra a Covid-19 em Fortaleza


A Prefeitura Municipal de Fortaleza divulgou, nesta segunda-feira (18/01), o Plano de Vacinação contra a Covid-19 da capital. Os profissionais que atuam na linha de frente do combate à pandemia, os residentes em Instituições de Longa Permanência (ILPI) acima de 60 anos e também os portadores de deficiência em ILPIs acima de 18 anos serão os primeiros contemplados com a imunização. O Plano foi divulgado em coletiva de imprensa concedida pelo prefeito José Sarto e pela titular da Saúde, Ana Estela, na sede da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), no Centro. 

Os próximos contemplados, que compõem a primeira fase da campanha, serão os idosos acima de 75 anos, considerados um dos grupos mais vulneráveis à doença. A imunização deste público será realizada via agendamento, por meio do sistema da Prefeitura de Fortaleza, tendo início de acordo com a distribuição das vacinas, realizada pelo Ministério da Saúde. A população deve aguardar a finalização das etapas iniciais e a divulgação dos cronogramas de vacinação, não sendo necessário se dirigir neste momento aos postos de saúde. 

Fortaleza contará com aproximadamente oito locais de vacinação contra a Covid-19, em localizações estratégicas para a campanha, utilizando espaços como equipamentos esportivos e áreas de uso público. Os postos de saúde não irão realizar a imunização contra o coronavírus, nas fases iniciais, visando evitar aglomerações. 

Serão 79 equipes distribuídas nestes locais de vacinação, com capacidade de vacinar até 14.100 pessoas por dia. Além disso, terão outras 70 equipes imunizando os idosos com mais de 75 anos, em suas residências, com capacidade para visitar até 2.100 imóveis por dia.  Cada equipe é composta por cinco profissionais, gerando em média, 745 profissionais atuando de segunda a segunda. 

Durante a coletiva, o prefeito Sarto enfatizou que a imprensa será parceira número um na divulgação do Plano de Vacinação, "para evitar que haja desinformação, que haja procura desnecessária (em unidades de saúde) e até prejudicial à população, porque há expectativa muito grande com a chegada da vacina". 

Segundo ele, é fundamental que os fortalezenses fiquem atentos às fases da vacina, pois ainda temos um longo processo até imunizar toda a população, obedecendo ao cronograma de grupos prioritários. "É importante que a população possa compreender que esse é um momento muito rico, de esperança, mas também é preciso ter paciência e obedecer, como a gente sempre diz, sigam as recomendações das autoridades sanitárias", ressaltou. 

Sarto destacou ainda que toda a equipe da SMS está preparada para garantir a efetivação do Plano. "Existem milhares de pessoas que estão trabalhando para que isso funcione da melhor maneira possível para a população", garantiu.

Técnica em enfermagem é a primeira cearense vacinada no Ceará


A primeira cearense a ser vacinada contra Covid-19 em solo cearense será a técnica de enfermagem Maria Silvana Souza Reis, de 51 anos. A profissional trabalha na linha de frente do combate à doença no Hospital Leonardo da Vinci (HLV), em Fortaleza. Conforme o HLV, a técnica foi escolhida pelo trabalho ativo desde o início da pandemia da Covid-19, em março de 2020. No hospital, ela atua na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid-19. Além disso, a idade da profissional também foi um dos motivos da escolha.

Além dela, mais cinco pessoas serão vacinadas nesta segunda-feira, 18. Um deles é o indígena Dourado Tapeba, liderança do Polo Caucaia, de 59 anos. Os outros quatro são: Maria de Jesus de Oliveira Lima, de 56, serviços gerais; Francisco Adailton Alencar Braga, de 55 anos, médico intensivista; Cristiane Aparecida da Cunha, de 39, fisioterapeuta e Regiane Sousa Torres, de 34, enfermeira. Todos os profissionais atuam no Hospital Leonardo da Vinci, local da solenidade de lançamento da campanha de vacinação contra a Covid-19 no Ceará.

(O Povo)

Vacina contra Covid-19 chega ao Ceará


Chegou ao Ceará no fim da tarde desta segunda-feira, 18 de janeiro (18/01), o voo da Força Aérea Brasileira (FAB) com 229.200 doses da vacina Coronavac, contra a Covid-19. As primeiras doses serão aplicadas em trabalhadores do Hospital Leonardo da Vinci. Uma técnica de enfermagem será a primeira a receber a vacina. Em seguida, serão vacinados trabalhadores do Instituto José Frota (IJF). O voo era previsto para 13h15min, mas houve atraso e chegou já perto de 18 horas.

As vacinas que chegaram a Fortaleza serão enviadas para 20 municípios, de onde serão distribuídos nas regiões. Veja lista dos primeiros a receber vacinas.

Fase 1

Trabalhadores da saúde

Idosos com 75 anos ou mais

Idosos com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (antigamente chamados asilos)

Indígenas

Fase 2

Idosos de 60 a 74 anos

Fase 3

Pessoas com comorbidades

Fase 4

Professores

Policiais

Profissionais de salvamento

Funcionários do sistema prisional

Pessoas privadas de liberdade

Guimarães exige explicações de Milton Ribeiro sobre realização do Enem


O líder da Minoria na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT), protocolou, nesta segunda-feira (18), Requerimento de Informações (RIC 20/2021) direcionado ao ministro da Educação, Milton Ribeiro. O documento exige explicações sobre a realização do Enem no último domingo (17). 

Dentre os questionamentos, o petista requer informações relacionadas aos candidatos prejudicados com a lotação das salas. Muitos foram avisados no momento do exame sobre a necessidade de reagendamento a fim de evitar aglomerações nos locais de prova. 

“Primeiramente, o Enem não deveria ter sido realizado em plena pandemia. Penalizar injustamente quem passou um ano inteiro se preparando para realizar o sonho de entrar na Universidade é mais um reflexo da falta de respeito desse governo com os cidadãos”, afirma. 

Guimarães também requer que o Ministério esclareça quantos estudantes não conseguiram realizar o exame, cópia do planejamento logístico de realização da prova e cópia do calendário de reagendamento. 

Leia a íntegra do RIC 20/2021: https://bit.ly/38S0cft

Glêdson anuncia pagamento de dezembro dos servidores efetivos de Juazeiro

 O prefeito de Juazeiro do Norte Glêdson Bezerra usou as redes sociais pra comunicar que hoje (segunda-feira, 18), a folha de dezembro dos servidores efetivos foi paga e o dinheiro já está na conta. O prefeito avisou que precisará de mais alguns dias para pagar os contratados e os temporários. Ouça áudio com a fala do prefeito. 

Crato se prepara para receber primeiras doses da vacina contra a Covid-19


O Crato se prepara para receber as primeiras doses da vacina contra a Covid - 19. O Plano Municipal de Operacionalização para a Vacinação já está sendo posto em prática, para dar o ponta pé inicial, com as primeiras pessoas imunizadas contra a doença. O trabalho foi desenvolvido pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde.

O Prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil, comemora a liberação da vacina, neste domingo, 17, e afirma que todos os esforços serão mantidos no intuito de garantir a segurança, para o processo de vacinação na cidade, com todas as medidas de segurança necessária, já que se atravessa um momento de aumento dos casos de pessoas contaminadas.

Grupos prioritários

Os grupos prioritários na primeira etapa de vacinação, previamente definidos pelo Ministério da Saúde (MS), são os trabalhadores da saúde, idosos a partir de 75 anos, além de pessoas com mais de 60 anos, que vivem em instituições de longa permanência (ILPI) e instituições psiquiátricas. Além disso, segue nas etapas comunidades quilombolas, os indivíduos de 60 a 74 anos, as pessoas com comorbidades confirmadas e que serão amplamente divulgadas, para que a sociedade compreenda quem tem a garantia de oferta, pessoas com deficiências permanente severa, os trabalhadores da educação, força de segurança e salvamento, os funcionários do sistema prisional, detentos, além de motoristas de transportes coletivos e transportes rodoviários de cargas e pessoas em situação de rua.

Segundo a Secretária de Saúde do Crato, Marina Feitosa, o plano de operacionalização foi desenvolvido com o apoio da equipe técnica e vigilância em saúde, atenção à saúde, células de vigilância epidemiológica e imunização, assistência farmacêutica, e colaboração dos profissionais de saúde.

Estratégias de controle

O plano contempla estratégias e ações para prevenir controlar os casos da Covid -19 no Município do Crato. "Mas consideramos os grupos prioritários que foram previamente definidos pelo Ministério da Saúde e a possibilidade de expansão de pessoas, caso haja a disponibilidade no mercado para aquisição dos imunobiológicos", explica.

O planejamento prevê os insumos e organização, mobilização e comunicação, incluindo a logística para o desenvolvimento dessas ações. Isso inclui investimento já anunciado pelo Prefeito Zé Ailton Brasil, de R$ 7 milhões, que estará destinado para garantir o processo de vacinação em Crato, além do acompanhamento dos pacientes e todo o trabalho que envolve a prevenção de contágio do Coronavírus. "O plano também contém a previsão dos recursos necessários para toda a logística de um trabalho que consideramos nesse momento diferenciado, por estarmos em plena pandemia", diz a Secretária.

É de fundamental importância a organização Municipal para segurança das pessoas. Marina Feitosa ainda destaca todo o trabalho interinstitucional que está sendo garantido para iniciar a campanha, com o apoio de outras secretarias, além da sociedade civil.

Vacinação começa hoje no Ceará, informa Camilo; doses têm chegada prevista para 13h15min


 A vacinação contra Covid-19 deverá começar no Ceará nesta segunda-feira, 18, informa o governador Camilo Santana (PT) no Twitter. "Participo de reunião agora sobre a distribuição da vacina para os estados. O lote do Ceará sai aqui de SP em instantes. O objetivo é começar a vacinação ainda hoje", postou o governador. A chegada das doses ao Ceará está prevista para 13h15min. O início da vacinação poderá ocorrer a partir das 17 horas, conforme entendimento entre estados e o Ministério da Saúde.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, realizou solenidade na manhã desta segunda-feira, 18, em São Paulo para encaminhar as vacinas contra Covid-19 aos estados brasileiros. As 6 milhões de doses serão distribuídas entre os estados. Pazuello informou que hoje, a partir das 17 horas, começa a vacinação nas capitais. Em princípio, a vacinação estava prevista para quarta-feira, às 10 horas.


Segundo o Ministério da Saúde, são 186.720 doses no Ceará para público geral e mais 42.480 separadas para população indígena. A soma dá 229.200 doses. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) estimou 218 mil doses. A chegada das vacinas ao Ceará está prevista para 13h15min.


As doses no Ceará, segundo o Ministério, serão divididas assim:

Pessoas com 60 anos ou mais vivendo em asilos: 2.393

Pessoas com deficiência vivendo em asilos: 132

População indígena vivendo em terras indígenas: 20.250

Trabalhadores de saúde: 86.360

Cada pessoa receberá duas doses.

O Ministério da Saúde enviará ao Ceará 2,88 toneladas de material, em 96 volumes, de 2,88 toneladas, segundo a Sesa. É o oitavo maior carregamento do País, proporcional à população do Estado. O material chega ao Ceará em avião da Força Aérea Brasileira (FAB). O material será enviado aos municípios em rotas aéreas, de avião e helicóptero, e terrestre.

Em Fortaleza, a vacinação começará por profissionais de saúde da linha de frente.

Vacinas aprovadas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, por unanimidade, nesse domingo, 17, o uso emergencial das duas primeiras vacinas no Brasil contra Covid-19. Tiveram aprovação a CoronaVac, desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, e da vacina de Oxford, desenvolvida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford, com acordo para ser fabricada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que a previsão é de a vacinação começar nacionalmente na quarta-feira, 20, às 10 horas, dentro do Plano Nacional de Imunização. O País tem até o momento 6 milhões de doses.

(O Povo)

domingo, 17 de janeiro de 2021

Prefeito de Baturité Herberlh Mota decreta luto oficial de 3 dias pela morte do ex-deputado Roberto Mesquita


Em Baturité, a 90 quilômetros de Fortaleza, o prefeito Herberlh Cavalcante Mota decretou luto oficial de 3 dias no município pelo falecimento do ex-vereador de Fortaleza e ex-deputado estadual Roberto Mesquita. O ex-parlamentar era natual de Baturité onde ainda começou suas atividades políticas. Ao longo de sua vida pública atuou principalmente no combate às drogas e em defesa agricultura.

Herberlh Mota destacou ainda os relevantes serviços prestados por Roberto Mesquita a toda sociedade cearense. O ex-deputado se tratava de câncer e o sepultamento ocorreu neste domingo no cemitério Parque da Paz, em Fortaleza.

Lote de vacinas para o Ceará será liberado nesta segunda (18), diz Camilo Santana


O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) informou que o lote de vacinas para o Ceará será enviado nesta segunda-feira (18), às 7 horas, para o Estado. Nas redes sociais, o petista informou que viaja neste domingo para São Paulo, onde acompanhará presencialmente o envio das doses do imunizante.

"Enquanto isso nossa Secretaria da Saúde também está preparada para colocar em prática o Plano de Vacinação aqui no Ceará, com o apoio de aeronaves para distribuição nos municípios", informou. 

"Um dia importante para o Brasil: a aprovação, pela Anvisa, do uso emergencial de duas vacinas contra a Covid (CoronaVac/Butantan e Oxford/Fiocruz), para que possamos começar imediatamente o processo de vacinação da nossa população", acrescentou.

O governador ressaltou que o Governo do Estado já adquiriu seringas, agulhas e refrigeradores para armazenar as vacinas. "Faremos todos os esforços possíveis para que essa vacinação aos cearenses ocorra de forma rápida e segura", disse. 

Vacinas

Neste domingo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, por unanimidade, o uso emergencial das vacinas de Oxford/AstraZeneca e do laboratório Sinovac. Os cinco diretores da instituição deram parecer favorável à liberação das vacinas, seguindo voto da relatora Meiruze Sousa Freitas. 

Em seu voto, a diretora foi favorável à aprovação, mas condicionou a autorização para o Instituto Butantan à assinatura de um termo de compromisso. O diretor da Anvisa Romison Mota argumentou que os benefícios dos imunizantes superam os riscos.

Terceiro a votar, o diretor Alex Campos mencionou a crise em Manaus, e criticou a "falha" e "incúria" do Estado.

São Paulo

Minutos após a aprovação pela Anvisa, o Governo de São Paulo começou a vacinação no Estado. Mônica Calazans, de 54 anos, foi a primeira vacinada. Ela é enfermeira do hospital Emílio Ribas, em São Paulo, e há oito meses trabalha na linha de frente do combate à pandemia. 

Mulher negra, Calazans tem perfil de alto risco para Covid-19. Ela é obesa, hipertensa e diabética. A vacina foi aplicada no Hospital das Clínicas. A enfermeira foi recebida pelo governador de São Paulo, João Dória, que fez um pronunciamento no local. 

(Igor Cavalcante/DN)

TSE define as datas para eleições suplementares de prefeitos em 2021


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definiu as datas para a realização das eleições suplementares em 2021. Esses pleitos acontecerão para suprir os cargos de prefeitos e vice-prefeitos municipais que ficarem vagos em decorrência do indeferimento definitivo, pela Justiça Eleitoral, do registro dos candidatos mais votados nas Eleições Municipais de 2020. No Ceará estão previstas eleições suplementares nos municípios: Missão Velha, Caridade, Martinópole, Pedra Branca, Barreira e Jaguaruana

A Portaria TSE nº 875/2020 estabeleceu 10 datas, ao longo dos meses de março a dezembro de 2021, nas quais os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) poderão marcar eleições suplementares, conforme a situação jurídica dos candidatos mais votados no ano passado nas localidades sob a sua jurisdição.

Após o julgamento dos recursos pelo TSE, cabe a cada TRE definir, entre as datas fixadas na Portaria, quando ocorrerão as eleições suplementares. Essa escolha é feita de acordo com a capacidade logística das Cortes Eleitorais e os prazos do processo eleitoral.

Assim, são datas possíveis para a realização de eleições suplementares em 2021: 7 de março, 11 de abril, 2 de maio, 13 de junho, 4 de julho, 1º de agosto, 12 de setembro, 3 de outubro, 7 de novembro e 5 de dezembro.

A realização dos pleitos nessas datas preestabelecidas surge por questões logísticas e pela necessidade de que os sistemas dos TREs e do TSE estejam operantes e alinhados para captação, apuração, transmissão e totalização dos votos em cada localidade.

Eleições suplementares

A legislação eleitoral determina que sejam realizadas novas eleições quando o candidato mais votado tiver o seu registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral de forma definitiva.

Os candidatos cujos processos de registro de candidatura ainda estavam pendentes de julgamento após as Eleições Municipais de 2020 não foram diplomados nem puderam tomar posse em 1º de janeiro de 2021.

Nas localidades em que isso ocorreu, o presidente da Câmara de Vereadores passou a exercer interinamente a função de prefeito.

Anvisa alerta para venda de vacinas falsas contra Covid-19 na internet


 A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou um alerta sobre a venda de vacinas falsas contra a Covid-19 na Internet. A equipe diz ter tomado conhecimento das iniciativas pela mídia, em nota a Polícia Civil disse estar investigando os casos.

A agência reitera que não há, até o momento, qualquer vacina registrada ou autorizada em caráter emergencial e sem registro ou autorização para uso emergencial a vacina não pode ser comercializada. A aquisição de um medicamento sem registro ou autorização, acrescenta a agência reguladora, pode trazer riscos à saúde de quem toma a substância. 

(Fonte: Brasil 61) - https://brasil61.com/noticias/anvisa-alerta-para-venda-de-vacinas-falsas-contra-covid-19-na-internet-bras213374?email=flaviopinto3103@hotmail.com&utm_source=newsletter&utm_medium=newsletter&utm_campaign=newsletter

Morte de Roberto Mesquita - Fernando Santana decreta luto de 3 dias na Assembleia Legislativa


"A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Ceará, enlutada com o falecimento do ex-deputado Roberto Mesquita, decreta luto oficial de 3 dias, em homenagem ao homem público que prestou relevantes serviços ao Estado do Ceará, no exercício de seu mandato parlamentar. Nossos sentimentos à família, amigos e a todos que o admiravam. Descanse em paz"

Deputado Fernando Santana

Presidente da Assembleia Legislativa do Ceará

Sarto lamenta morte do ex-deputado Roberto Mesquita


O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), lamentou a morte do ex-deputado Roberto Mesquita. Os dois foram colegas no parlamento estadual e mesmo divergentes no campo político, Sarto reconheeu a importância de Roberto Mesquita para os cearenses.

Confira a nota emitida pelo prefeito de Fortaleza:

"Recebo com grande pesar a notícia do falecimento do ex-deputado estadual e ex-vereador de Fortaleza Roberto Mesquita. Fomos colegas na Assembleia Legislativa, onde divergíamos bastante no campo das ideias, mas sempre convergíamos no objetivo maior de buscar o bem comum. Homem público de visão perspicaz e indignado com as injustiças, Roberto Mesquita fará falta aos cearenses. Que Deus conforte familiares e amigos".

José Sarto 

Prefeito de Fortaleza

Morre ex-deputado Roberto Mesquita


Morreu na madrugada deste domingo (17), o ex-deputado Roberto Mesquita, de 60 anos. A família não informou a causa da morte, mas o ex-parlamentar fazia tratamento contra câncer. O velório acontece na Funerária Eternus, em Fortaleza e o sepultado está previsto para as 17 horas no cemitério Parque da Paz. Roberto Mesquita deixa seu legado político com o filho Bruno Mesquita que é vereador em Fortaleza


Prefeitura de Juazeiro do Norte disponibiliza transportes para estudantes que irão realizar o ENEM


 A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, em parceria com a CREDE 19, irá disponibilizar transportes para os estudantes do município que irão realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), neste domingo, 17 e também no próximo, 24. As 17 rotas, serão feitas por 12 ônibus que irão atender tanto a Zona rural como a Zona Urbana.

Os ônibus sairão às 10h das localidades, seguindo para o #PartiuEnem, localizado na EEM Governador Adauto Bezerra. Os candidatos serão redistribuídos em sete transportes que os levarão para os locais de prova. O retorno seguirá da mesma forma com saída prevista às 19h15min.