Banner Governo do Estado

RADIO

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Operação policial procura suspeito de envolvimento na morte do prefeito de Granjeiro

A Polícia Civil do Crato realizou na manhã desta quarta-feira (2) uma operação com objetivo de localizar e prender José Plácido Cunha, conhecido como Castelo Tomé, tio do prefeito afastado de Granjeiro. A polícia também procura outros dois suspeitos identificados como Manuel Fernando Mateus Ariza (colombiano) e Thyago Gutthyerre Pereira Alves, também investigados por envolvimento no assassinato do prefeito do município, João Gregório Neto, o 'João do Povo'.

Tio do atual prefeito de Granjeiro é preso suspeito de envolvimento na  morte de João do Povo | GranjeiroO prefeito foi assassinado enquanto fazia caminhada perto de casa em 2019. O vice-prefeito na chapa de João Gregório, Ticiano Tomé, é suspeito de matar o titular para assumir o cargo.

De acordo com o delegado Luiz Eduardo da Costa Santos, da Delegacia Regional do Crato, a operação foi deflagrada após a polícia receber informações de que Castelo Tomé estaria escondido entre os municípios de Granjeiro e Lavras da Mangabeira.

"Na semana passada recebemos informações que o Plácido estaria na região entre Granjeiro e o distrito de Quitaiús em Lavras da Mangabeira", disse o delegado.

Ainda segundo Luiz Eduardo, duas equipes saíram do Crato às 2h e realizaram um cerco na região, mas não encontraram os suspeitos.

"Duas equipes com quatro policiais por volta das 2h saíram do Crato e fizeram o cerco na região. Fomos também até sua antiga residência em Granjeiro. Não conseguimos capturar o José Plácido como também outras duas pessoas", afirmou.

Últimas notícias