Banner Governo do Estado

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Ministério Público Eleitoral pede impugnação da candidatura da Professora Zuleide Queiroz (PSOL), no Crato


O Ministério Público Eleitoral (MPE) pediu a impugnação da candidatura a Prefeita do Crato da professora Zuleide Fernandes de Queiroz (PSOL).

De acordo com a ação impetrada pelo MPE e protocolada na última segunda-feira (28), na Justiça Eleitoral do Crato, Zuleide Queiroz, por ser professora da Universidade Regional do Cariri (Urca), onde coordena o Programa de Mestrado Profissional em Educação, não teria se desincompatibilizado dentro do prazo exigido pela legislação eleitoral para disputar as eleições municipais deste ano. O prazo estabelecido seria de 4 meses antes da data da eleição, ou seja 3 de junho.

O MPE também diz que a candidata não apresentou provas da desincompabilização do cargo de tesoureira da Regional Nordeste I do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições do Ensino Superior (ANDES/NE). Neste caso, a lei exige o afastamento três meses antes das eleições (14 de agosto).

Últimas notícias