Banner_head Governo do Estado

Banner_head Câmara

segunda-feira, 7 de junho de 2021

Recorrer ao STF para impedir uma investigação expõe medo dos governadores, afirma Girão


O senador Eduardo Girão (Podemos/CE) criticou a atitude de governadores recorrerem ao STF para não comparecer à CPI da Pandemia.  Em uma publicação na rede social, o senador cearense destacou o famoso ditado “quem não deve, não teme!”

“Recorrer ao STF para evitar uma investigação é desleal e covarde com o povo. Estão com medo do que? Recursos para os Estados lidarem com a pandemia não faltou, a mesma afirmação não pode ser feita sobre escândalos de superfaturamento”, afirma o senador.

Desde antes da CPI da Covid-19 iniciar seus trabalhos, Eduardo Girão defende que a mão que julga o Governo Federal, julgue também os Estados e Municípios, fato que não vem ocorrendo na primeira fase das investigações.

“Conseguimos o avanço de convocar governadores para depor na CPI, mas, estranhamente, tiraram os prefeitos, o que estava na pauta. Outro absurdo é a ausência do ex-presidente do Consórcio Nordeste, o governador da Bahia, Rui Costa. Se o STF decidiu dar mais autonomia aos Estados e Municípios, que eles sejam também responsabilizados por suas ações”, aponta Girão.

Últimas notícias