Banner_head Governo do Estado

Banner_head Câmara

terça-feira, 22 de junho de 2021

Governador Camilo acompanha a instalação do pilar fundamental do Hospital Universitário do Ceará


O governador Camilo Santana acompanhou, na manhã desta terça-feira (22), a implantação do primeiro pilar do Hospital Universitário do Ceará, que está sendo construído dentro da Universidade Estadual do Ceará (Uece), no bairro Itaperi, em Fortaleza. Também estiveram presentes o secretário da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto), o reitor da Uece, professor Hildebrando dos Santos Soares, e o superintendente de Obras Públicas, Quintino Vieira.

“A Uece tem os melhores cursos de Medicina do Norte e Nordeste do Brasil e, agora, vai ganhar um Hospital Universitário, que além de ser um hospital de ensino e pesquisa, será um hospital público de atendimento à população do Ceará, numa localização estratégica, com vias de acesso e saída de ambulâncias, importante aqui na malha viária de Fortaleza e Região Metropolitana. Serão 654 leitos”, destacou o governador Camilo Santana.

Parte das ações planejadas na Plataforma de Modernização da Saúde, capitaneada pela Sesa, o equipamento vai receber investimento do Governo do Ceará de R$ 274,7 milhões para as obras e serviços de engenharia e arquitetura, montagem dos sistemas envolvidos e comissionamento das edificações. Atualmente, mais de 150 trabalhadores atuam na construção do complexo hospitalar, que ocupará uma área de 79,5 mil m² dentro da Uece.

Segundo o titular da Sesa, a construção do Hospital Universitário do Ceará mostra como o Estado transformou a gestão da Saúde nos últimos anos. “Essa, talvez, seja a obra mais importante da Saúde no Ceará, porque traz três pontos importantes: o fortalecimento de instituições de ensino, o Brasil está vivendo um momento em que é preciso voltar para esse caminho; a valorização das pessoas; a fixação e atração de talentos do povo cearense. [A obra] Tem impacto nos próximos séculos, não só nos próximos anos”, projetou Dr. cabeto, afirmando que o Ceará tem sido uma referência em ensino e produção de conhecimento em saúde.

Com 654 leitos de internação distribuídos em três torres (clínica, cirúrgica e materno-infantil), sendo 184 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o novo hospital também vai reunir todas as especialidades médicas, aliando a ampliação do atendimento em saúde à formação acadêmica de qualidade aos estudantes da Uece. Um complexo hospitalar que funcionará como nova sede para o Hospital César Cals, integrando a rede de equipamentos da Sesa. A nova unidade prestará serviços de assistência terciária, com atendimento a casos de alta complexidade, além de dar suporte a outros hospitais da Região Metropolitana de Fortaleza e aos hospitais regionais do Estado.

Com mais de 10% de obra executada, a projeção é que nos próximos meses quase 600 funcionários trabalhem de forma direta na construção da futura unidade. O chefe do Executivo Estadual reforçou a importância do investimento público para a geração de emprego. “Isso significa gerar emprego e oportunidade. É o que eu sempre tenho falado: a importância do Estado bem equilibrado. Não uma gestão fiscal como fim, mas como meio, que possibilite fazer investimentos em todas as áreas que o Ceará precisa, na saúde, na segurança, na educação”.

Últimas notícias