Banner Governo do Estado

quinta-feira, 15 de outubro de 2020

Novo Quartel dos Bombeiros ocupará o terreno do Edifício Andrea


O Governo do Ceará vai construir um novo quartel do Corpo de Bombeiros Militar (CBMCE) em Fortaleza. O equipamento será erguido no mesmo terreno onde existia o Edifício Andrea, que desabou há exato um ano, deixando nove vítimas fatais e sete pessoas resgatadas com vida. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (15) pelo governador Camilo Santana, por meio das redes sociais do Governo. Também participaram da solenidade virtual o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o secretário da Segurança P Defesa Social, Sandro Caron, e o comandante do CBMCE, coronel Holanda.


“Estamos anunciando a autorização para a construção do novo quartel exatamente no local da tragédia do prédio. Essa é uma parceria com a Prefeitura de Fortaleza, que também partiu da necessidade de ter mais um equipamento em uma área importante de Fortaleza para atender as demandas do Corpo de Bombeiros. O quartel foi todo projetado de forma sustentável. Tem inclusive uma cobertura verde, energia solar e iluminação natural” informou Camilo Santana, que fez questão de se solidarizar, mais uma vez, às famílias que perderam seus entes queridos.

O Quartel 15 de Outubro, como será chamado, ficará no bairro Aldeota, região da Capital com maior adensamento de prédios. A nova unidade será um reforço operacional para o CBMCE naquela área, que envolve ainda os bairros Dionísio Torres, Meireles, Cocó, Guararapes, entre outros, e têm como característica a verticalização de suas edificações.


O terreno foi desapropriado pela Prefeitura de Fortaleza, que pagou o valor de R$ 1.785.000. Para o prefeito Roberto Cláudio, o equipamento vai dar mais segurança à população que reside e trabalha naquele perímetro. “É uma área de muita densidade vertical, muitos prédios, comércios, moradores. Uma área residencial e comercial que tem riscos especiais de incêndio e eventualmente outros riscos associados à função do Corpo de Bombeiros e que ganha um equipamento de primeiro mundo para que a gente tenha ainda mais segurança”, disse.


Últimas notícias