Banner Governo do Estado

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Pós-carreata: Covid tira Patrícia da campanha de rua por 14 dias e acende alerta de contaminação em Tauá



Tauá vivencia o temor de uma nova onda de Covid 19, após registros de aglomerações em carreata de campanha realizada no último dia, 3. Quase duas semanas depois do evento, se acentua o estado de alerta das autoridades sanitárias estaduais e municipais.

Isto porque, nesta quarta-feira, 14, a candidata Patricia Aguiar (PSD) anunciou seu afastamento da campanha de rua, durante as próximas semanas, ao testar positivo por contaminação pelo novo coronavírus. 

Ela informou que, desde ontem, 13, já havia se submetido a exames e ao isolamento social, mas nada acrescentou sobre medidas relacionadas ao seu staff de campanha, incluindo esposo e filho. Agendas de eventos programadas pelo seu grupo político em municípios do Vale do Jaguaribe e Centro-Sul do Estado, nos próximos dias, também, já foram cancelados.

Epidemiologistas acreditam que, caso se confirme uma curva acentuada de casos de Covid 19 no município, terá sido reflexo direto do relaxamento às normas de prevenção durante evento realizado em várias ruas, por meio de carreata e concentrações.

A Coligação da candidata havia recusado acordo para não realização de carreatas em Tauá. Uma proposta, apresentada como tentativa de impedir aglomerações, foi rejeitada pela representação da deputada, em audiência pública, na última terça-feira, 6, com a presença do juiz e do promotor eleitoral. No entanto, o grupo recuou e aceitou o acordo, firmado na Justiça Eleitoral, nesta terça-feira, 13, por cinco dos seis candidatos à Prefeitura de Tauá.

Imagens postadas nas mídias sociais da campanha de Patrícia atestam a própria candidata enaltecendo o ajuntamento de público e, em vários momentos da carreata, dispensando o uso de máscara.



Últimas notícias