Banner Governo do Estado

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

George Pereira pede desfiliação do Cidadania e estuda possibilidades de apoiamento em Barbalha



O administrador hoteleiro George Pereira, que pretendia se lançar candidato a vereador nesta eleições municipais, pelo partido Cidadania, entregou o cargo de presidente da comissão provisória do diretório da sigla em Barbalha, e consequentemente pediu sua desfiliação partidária.

Na carta de renúncia, George Pereira justifica o fato do presidente estadual do Cidadania, Alexandre Pereira, ter feito intervenção no partido em Barbalha, o que lhe causou enorme prejuízo eleitoral, já que ele vinha trabalhando por mais de um ano seu projeto de candidatura a vereador em Barbalha.

Com a desfiliação, George Pereira se diz estar livre para poder apoiar qualquer candidatura no município. "Estou mantendo conversas com candidatos ao legislativo. Estas conversas estão bem adiantadas. Quanto a majotária já estou definido, mas só falarei nesta quarta ou quinta-feira", revelou.

Dias antes do prazo para registro das candidaturas, Alexandre Pereira tirou o partido das mãos de George Pereira.

Em Barbalha, o Cidadania iria lançar o empresário Expedito Júnior para disputar a prefeitura, mas o dirigente estadual, entendeu que a sigla deveria compor aliança com o bloco de oposição que tem a candidatura do médico Guilerme Saraiva (PDT), na cabeça de chapa. Ao insistir na candidatura sem aval da direção estadual, o diretório do partido em Barbalha foi fechado. 



Últimas notícias