Banner Prefeitura de Fortaleza

Banner Camara de Fortaleza

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Carga de manga apreendida pela Polícia Civil é doada ao Mais Nutrição


O carregamento de mangas apreendido no início da semana, durante uma operação da Polícia Civil do Ceará que resultou na maior apreensão de cocaína da história da instituição, foi doado ao Mais Nutrição, programa que visa a segurança alimentar e nutricional de crianças atendidas por entidades cearenses. “São mais de três mil caixas de mangas doadas ao Mais Nutrição. Graças ao programa, não se fala mais em desperdício aqui na Ceasa” enfatiza  a secretária de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos, Socorro França.

Na apreensão, estava uma carga contendo 3.360 caixas de mangas tipo exportação, oriundas do Vale do São Francisco. As frutas, que serviriam para encobrir a carga de cocaína, foram doadas ao Mais Nutrição, programa que visa a segurança alimentar e nutricional de crianças atendidas por entidades cearenses. “O Mais Nutrição envolve o comprometimento das pessoas que querem ajudar. A força tarefa dos órgãos de segurança do Estado aliado a vontade de alimentar a quem precisa, proporciona que milhares de crianças e jovens sejam beneficiados em ações como essas”, destaca a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana.

Programa Mais Nutrição Estruturado em cima do combate ao desperdício de alimentos, enfrentamento à fome e com foco em uma alimentação saudável, a iniciativa, que proporciona a distribuição de frutas, legumes e verduras para entidades cearenses, estará  presente durante os dias de feira, com o objetivo de orientar a população acerca do uso consciente dos alimentos e no auxilio do aproveitamento. Atualmente, mais de 13 mil crianças de 67 instituições dos municípios de Fortaleza, Caucaia e Maracanaú receberam mais de 90 toneladas de alimentos, por meio da doação dos permissionários da Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa-CE).

A apreensão A Polícia Civil chegou ao local onde a droga estava escondida, durante uma investigação de roubo e receptação de cargas oriundas do Porto do Mucuripe, na Capital. A  operação que culminou na apreensão foi coordenada pelo delgado Diego Barreto, titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas.

Últimas notícias