Banner Governo do Estado

RADIO

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Uruburetama - Vereadores podem decidir hoje sobre cassação do prefeito Hilson Paiva


A Câmara Municipal de Uruburetama pode decidir, hoje (quinta-feira,24), o destino do prefeito afastado, o médico José Hilson de Paiva, acusado de abusar sexualmente de pacientes e filmar os crimes. Na sessão de hoje, os vereadores vão decidir se cassam, ou não, o mandato do prefeito que se encontra preso desde 29 de julho deste ano. O médico foi indiciado por estupro de vulnerável. As denúncias feitas contra ele dão conta de que os atos eram cometidos desde a década de 1980, em Uruburetama e Cruz.

O advogado Eugênio Vasques, que representa o prefeito, afirma que a sessão da Câmara Municipal para decidir sobre a cassação do prefeito José Hilson é ilegal, uma vez que nem o médico e muito menos os advogados de defesa foram comunicados.

"Que sessão? Não fomos intimados, portanto desconheço a informação. Se ocorrer sem a presença da defesa com poderes para tanto é nula de pleno direito a sessão e não produzirá nenhum efeito. Ademais o processo administrativo já ultrapassou o prazo legal de 90 dias (para conclusão) o que por si só, torna sem efeito qualquer ato posterior devendo ser encerrado o procedimento de pleno direito", afirmou.

Denunciado pelo Ministério Público do Ceará (MPCE), a prisão do médico foi determinada pelo juiz José Cléber Moura do Nascimento, em 19 de julho deste ano. O juiz considerou a medida necessária para preservar as provas e evitar a influência do prefeito nas investigações.

(Portal G1)

Últimas notícias