Banner Governo do Estado

Banner Fortaleza

Banner Camara de Fortaleza

Banner BNB

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Heitor Freire ingressa no Parlatino e prepara pauta com foco na Segurança, Economia e no Turismo

Deputado Heitor Freire

O Congresso brasileiro tem mais um representante do legislativo na esfera internacional: o deputado federal Heitor Freire (PSL-CE) se tornou membro do Parlatino, o Parlamento Latino-Americano. Freire adiantou algumas ações que pretende apresentar para debater com os demais membros da assembleia, em viagem programada para o mês de novembro à sede do conselho, no Panamá.

"Vamos agregar o maior número de parlamentares possível, principalmente do meu partido, o PSL, para levarmos ao conhecimento dos demais 22 países que compõem o Parlatino nossas propostas políticas, como o conservadorismo e a liberdade econômica, além de sugestões na Segurança Pública e no Turismo, focando nesse momento de transformação do Brasil com a eleição do presidente Jair Bolsonaro e a renovação da Câmara dos Deputados nessa legislatura", afirmou o parlamentar, acrescentando que, da bancada do PSL, a delegação brasileira conta como membro os deputados General Peternelli (SP) e Bia Kicis (DF).

Heitor Freire espera que, ao contrário do Parlasul, do qual também é membro, o Parlatino conte com integrantes que se identifiquem mais com os objetivos políticos do Brasil para ampliar o debate de ideias que possam se adequar de forma positiva à realidade de cada nação:

"O Parlasul virou um comitê da esquerda. É lamentável que parlamentares de nações que tem importantes relações com o Brasil, como a Argentina, sejam representantes da oposição nesse parlamento, onde apenas abordam temas levianos e de total irrelevância para os propósitos do grupo, como melhorar os acordos entre os países visando, por exemplo, o desenvolvimento de suas economias. Muito triste esse desvio dos reais objetivos que o Parlasul possui", criticou Heitor Freire que esteve no Uruguai para participar de encontro dos membros do Parlasul.

As propostas do Parlamento Latino-Americano, criado no Peru em dezembro de 1964, incluem a defesa da democracia, a integração latino-americana, a igualdade jurídica dos Estados, e o estímulo ao desenvolvimento econômico e social da comunidade latino-americana.

"Vamos nos unir para que o Parlatino seja mais uma oportunidade de destacar e tornar o Brasil uma referência no âmbito internacional. Queremos melhorar as relações com os demais países, caminhando todos na mesma direção para alcançarmos a integração econômica, política e cultural de forma mais homogênea", concluiu Heitor Freire.

Últimas notícias