Banner Governo do Estado

Banner Prefeitura de Fortaleza

Banner Camara de Fortaleza

Banner BNB

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Secretário André Costa afirma que cerca de 50 pessoas foram presas e apreendidas por ataques criminosos


O secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, afirmou que as prisões e apreensões de pessoas suspeitas de participarem nos ataques no Ceará chegam a 50. A informação foi dada durante entrevista para a Rádio O POVO CBN na manhã desta quarta-feira, 25. Até a noite de terça-feira, 24, o número era de 31 capturados pelos crimes. O titular da pasta defende que o volume de prisões revela que a resposta das forças policiais tem sido mais rápida do que na onda de ataques de janeiro.

“Iniciamos o dia com 40 presos. Temos oito suspeitos na DCA [Delegacia da Criança e do Adolescente], entre menores e maiores, para serem presos e apreendidos. Outra operação da Polícia Civil que cumpriu mandados de prisão teve pelo menos sete presos. Então, a gente já deve estar superando 50”, disse. André Costa ainda destaca o adicional de 340 equipes policiais a mais por dia.
Costa diz que a escolta de ônibus deve continuar. Viaturas da Guarda Municipal e da Polícia Militar acompanham rotas de coletivos específicos, como os Corujões. Além disso, policiais militares estão embarcando dentro de ônibus que passam por bairros onde já foram registrados ataques.

Apesar do secretário defender que as forças de segurança do Estado aprenderam com a experiência da onda de ataques do início do ano, ele afirma que não é possível “prever” todos os ataques. “A Inteligência consegue se antecipar para algumas coisas, mas nenhuma consegue evitar todo tipo de crime”.

Últimas notícias