Banner Governo do Estado

RADIO

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Cícero Figueiredo confirma pré-candidatura a Prefeito de Milagres

Cícero Figueiredo

Uma das grande lideranças de Milagres, na Região Cariri, Cícero Figueiredo, anunciou oficialmente sua pré-candidatura a prefeito no próximo ano. O anúncio foi feito ao comunicador Rafael Cezar, do portal M7 Notícias. Figueiredo é filiado ao PT. “Esta é uma decisão coletiva de todo conjunto que dirige o partido no município. Tem o aval da instância imediatamente superior que é o Diretório Estadual, bem como também tem o aval de Lideranças Políticas que atuam na nossa região, em nosso Estado e em nível nacional”, afirmou.

Segundo Figueiredo, a  pré-candidatura não significa rompimento com o prefeito Lielson Landim. “Não considero rompimento porque o partido tomou uma diretriz, de defender aquilo que acredita, de uma mudança estrutural no modelo político. Se alguém ou algum grupo mudou sua concepção ou sua maneira de pensar quanto ao que nós, todos juntos, que entusiasmamos o povo de Milagres em 2012 por uma mudança verdadeira, e a partir de 2016 não houve prosseguimento desta proposta, então não fomos nós que rompemos”, observou.

Cícero Figueiredo nega conversas com o ex-prefeito Hellosman Sampaio, “mas não nos recusamos em debater nosso projeto para Milagres com nenhuma agremiação partidária, nem com qualquer pessoa”, disse.

Para o pré-candidato do PT, “Milagres precisa de uma mudança de atitude”.

Leia abaixo, na íntegra, a entrevista exclusiva que Cícero Figueiredo concedeu ao M7 Notícias.

M7: Que análise faz da atual conjuntura política de Milagres?

CICERO FIGUEIREDO: Temos em Milagres ainda resquícios de uma política que vem de longa data privilegiando o poderio econômico em detrimento a perspectiva de propostas e de desenvolvimento para o nosso município. O pior é que no final, ou melhor nos quatro anos seguintes a eleição, quem acaba ficando com o ônus da “vitória” é o povo, que acaba sendo sacrificado com ações restritas de um governo mais comprometido com a reeleição do que com Milagres. Isso não falo criticando especificamente a gestão atual não. Mas sim o modelo que vem desde os tempos dos coronéis, e que foi apenas se adaptando aos novos tempos.

Então a conjuntura política que ainda se apresenta é aquela velha expectativa de SITUAÇÃO X OPOSIÇÃO onde busca-se destacar mais o caráter gladiatório da disputa do que mesmo a propositura de propostas. Ou seja, o eleitor vota mais por ter um “lado a defender” do que por uma proposta real de melhoria para nosso sofrido município.

Então neste contexto, nossa política precisa mudar urgentemente, pois todos estamos assistindo passivos a decadência de nossa Milagres.

Na verdade, isso eu já dizia em 2012, precisamos mudar toda uma cultura política e não apenas nomes.

E precisamos do engajamento de toda sociedade, de todos aqueles que lidam ou não com a política.

Milagres precisa de uma mudança de atitude.

Não simplesmente de mudança de governo ou governante.

M7: O presidente de seu partido, Aglaisio Lima, em recente entrevista a Som da Terra FM, disse que o PT terá candidatura própria a prefeito na eleição de 2020. O PT, no entanto, integrou a coalização de partidos que elegeu Lielson Landim em 2016. Ter candidatura própria significa rompimento com o atual prefeito?
CICERO FIGUEIREDO: O PARTIDO DOS TRABALHADORES em sua última reunião da executiva municipal, bem como logo após o PROCESSO DE ELEIÇÕES DIRETAS – PED que elegeu seus novos dirigentes, tomou posição de defesa da CANDIDATURA PRÓPRIA.

Esta é uma decisão coletiva de todo conjunto que dirige o partido no município.

Tem o aval da instância imediatamente superior que é o Diretório Estadual, bem como também tem o aval de Lideranças Políticas que atuam na nossa região, em nosso Estado e em nível nacional.

Evidentemente sabemos que a estruturação de uma candidatura viável e em condições de vitória requer muita articulação, muito engajamento de todos que venham a defender essa propositura. Para isto encorpar buscaremos nossa célula fundamental e prioritária que é o APOIO POPULAR.

Pois nós entendemos que uma candidatura viável é aquela que obedece a um tripé básico composto pela ACEITAÇÃO DO POVO + ARTICULAÇÃO INTERNA + ARTICULAÇÃO EXTERNA somados evidentemente a um planejamento financeiro de campanha.

Entendemos também que temos muito a contribuir com o debate político e com a propositura de um modelo de governo que tenha compromisso real com a população e com o desenvolvimento do nosso município.

Por conta disto é que o PARTIDO DOS TRABALHADORES terá sim seu representante na disputa eleitoral do próximo ano.

E eu me coloco na figura de PRÉ CANDIDATO do Partido para as Eleições 2020, sabendo da responsabilidade que isto representa.

Em 2016 nós de fato apoiamos integralmente a candidatura do atual prefeito, o qual também nos apoiou em 2012, e a quem entendemos à época, ser o representante que traduziria nossos anseios e os anseios da população por uma mudança real.

Lembrando que na nossa concepção a mudança seria de atitude e não somente nominativa.

Não considero rompimento porque o partido tomou uma diretriz, de defender aquilo que acredita, de uma mudança estrutural no modelo político.

A democracia favorece a ampla explanação de ideias e opiniões.

Então sobre a nossa ótica, em nenhum momento do passado nós revemos nossos conceitos e nossas opiniões sobre o que queremos pra Milagres.

Se alguém ou algum grupo mudou sua concepção ou sua maneira de pensar quanto ao que nós, todos juntos, que entusiasmamos o povo de Milagres em 2012 por uma mudança verdadeira, e a partir de 2016 não houve prosseguimento desta proposta, então não fomos nós que rompemos.

Pra mim, romper é quando você rompe com o povo. Nós que lidamos com a política somos meros representantes transitórios. O povo é que é nosso patrão.

M7: Recentemente o Portal OKariri publicou matéria em que Aglaisio Lima revelou que você é o pré-candidato do PT a prefeito de Milagres. Você confirma essa informação?
CICERO FIGUEIREDO: Confirmo sim. E desta vez não existe nenhum impedimento (equivocado e já resolvido junto ao extinto TCM) que possa nos atrapalhar.

M7: Como pretende angariar apoio político para sua pré-candidatura?
A ordem natural de apoio para qualquer candidatura estabelece sempre que em primeiro lugar vem o POVO.

A aceitação popular é prioridade.

As lideranças internas e aquelas pessoas que lidam com a política no município são fundamentais. Mas estes observam a inclinação popular para se decidirem.

Por fim os agentes externos, quer sejam da política ou de fora dela, também observam atentamente as movimentações, as pesquisas para se decidirem.

Este é apenas o inicio do processo eleitoral para as eleições 2020. Há uma longa trajetória a percorrer.

Pela ordem nossa prioridade é o respaldo popular, pois as pessoas de maneira geral são muito inteligentes. O eleitor tem a percepção. Engana-se o político que pensa em ludibriar. O eleitor é sábio e sensitivo. Ele sabe quem usa a sinceridade e quem tem compromisso com sua causa. Cada vez mais assistimos a isto no dia a dia, nos meios de comunicação, nas redes sociais.

M7: Sua pré-candidatura se mantém até a convenção partidária em 2020 ou pode ser retirada diante de uma reviravolta na conjuntura política local?
CICERO FIGUEIREDO: Estaremos evidentemente sempre abertos ao diálogo, mas como já falei, essa é uma candidatura que representa um coletivo, não somente partidário, mas um coletivo de pessoas que tenham um objetivo comum: o desenvolvimento da nossa Milagres, então dentro deste propósito seguiremos firmes até a disputa eleitoral em outubro de 2020. Pois, como eu disse, trata-se de uma mudança de atitude na política e na vida dos milagrenses e não somente uma eleição para substituição de nomes.

Quem se identificar com estes nossos propósitos pode vir a se juntar conosco.

M7: Recentemente a imprensa da região noticiou que haveria nos bastidores uma aproximação entre o PT, personalizado em você, e o MDB, na pessoa do ex-prefeito Hellosman Sampaio. O que há de verdade nisso?
CICERO FIGUEIREDO: Qualquer um que tiver acesso aos arquivos e discursos meus durante essa minha empreitada política verá que nunca tive postura pessoal contra ninguém. Se fiz criticas foram as administrações e a metodologias que eu possa discordar da maneira de se fazer política. Desta forma não temos objeção a sentar e discutir possibilidades com nenhum partido ou pessoa. Mas buscamos sempre a defesa dos interesses da população, principalmente da classe pobre, de onde venho, e isto será prioritário em qualquer acordo ou aliança política.

Não houve nenhum conversa com o ex-prefeito ou entre os partidos, mas não nos recusamos em debater nosso projeto para Milagres com nenhuma agremiação partidária, nem com qualquer pessoa.

Estamos abertos, deixando claro que a prioridade será sempre o povo e o desenvolvimento da nossa Milagres.

M7: Você acredita na vitória de uma candidatura tida como de terceira via, que não seja situação ou oposição, na eleição de 2020?
CICERO FIGUEIREDO: Eu acredito sim, mas muito mais importante do que eu, quem deve acreditar é o eleitor.

Pois ele é o grande agente da verdadeira mudança, ele é quem detém o poder.

Se a eleição vai ser polarizada em duas candidaturas, ou se teremos meia dúzia de candidatos, isto não imposta.

O que vale mesmo são as propostas.

O que o eleitor tem que avaliar mesmo é quem tem um projeto de desenvolvimento para nossa Milagres.

M7: Você tem um projeto de desenvolvimento para Milagres
CICERO FIGUEIREDO: Eu tenho a ideia, que deve ser aprimorada pelo debate amplo de toda sociedade milagrense.

Devemos contar com a participação de todos, não só dos políticos, nem tampouco apenas da administração municipal, mas de toda população.

O milagrense precisa urgentemente recuperar sua auto estima.

Precisamos levantar a cabeça e arregaçar as mangas. Para de procurar desculpas nos gestores ou nas diversas conjunturas políticas.

Cada cidadão tem que dar sua quota de participação no dia a dia, na sua lida diária. Tem que acreditar que é possível uma mudança de atitude quanto ao nosso desenvolvimento.

Temos que esquecer uma cultura derrotista que se instalou em nossa Milagres .

E isso só acontece com mudança de atitude. Com o cidadão comum saindo da “tranquilidade da sua rotina” e buscando colaborar efetivamente com um projeto de desenvolvimento .

Eu tenho uma proposta de desenvolvimento que precisa ser construída com o apoio dos diversos e gabaritados milagrenses que tem amplo conhecimento e se destacam tanto fora quanto em nossa região. E estão parados e perplexos por verem que em Milagres nos últimos anos tem prevalecido vaidades pessoais.

Mas também este projeto, além dos “notáveis de conhecimento” precisa também ser construído no dia a dia pelo cidadão comum, não menos importante. Eu diria até O MAIS IMPORTANTE.

A responsabilidade deve ser partilhada por todo conjunto da sociedade milagrense. Deve-se dar maior peso a quem detém o conhecimento ( científico ou de vida) e claro que a administração do município deve encabeçar esse fio condutor que vai nos tirar do atraso em relação aos município vizinhos.  Com abertura e com boa articulação politica eu acredito ser possível.

Precisamos de todos, acima de bandeiras, siglas partidárias, profissões, classes sociais. Pois essa luta é de responsabilidade de toda sociedade milagrense.

(Portal M7 Notícias)

Últimas notícias