Banner_head camara fortaleza

Banner_head Governo do Estado

sábado, 9 de abril de 2022

Fecomércio-CE - Oposição tenta boicotar eleição


O atual presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), Luiz Gastão Bittencourt, deve ser reeleito neste sábado (9), em segunda chamada das eleições que começam às 18 horas. No colégio eleitoral de 35 sindicatos, 20 declararam apoio a Luiz Gastão, 13 não compareceram ao processo eleitoral iniciado às 9 horas, e 2 sindicatos estão impedidos de votar por irregularidades em suas administrações.

Com esse apoio majoritário – 20 votos – a chapa ‘A Fecomércio que nos representa’, encabeçada por Luiz Gastão, deve vencer por uma larga vantagem de votos: 20 a 13. Maurício Filizola deve perder no voto, na Justiça do Trabalho onde tentou, sem sucesso, adiar às eleições e ainda na sua imagem, envolvida num escândalo milionário de R$2 milhões numa suposta cobrança de propina para a aquisição de um terreno para o Sesc-CE.

Na primeira chamada, às 9 horas, não houve números suficientes com quórum para realizar às eleições. Seriam necessários 24 sindicatos, e apareceram 20. Por isso, houve a necessidade da segunda chamada que se inicia às 18 horas. Derrotado, a chapa de Maurício Filizona não apareceu hoje na sede da Fecomercio onde está ocorrendo o processo eleitoral.

Maurício Filizola, que encabeça a chapa ‘Renovação e Libertação’, teve apenas 13 votos. Chegou a tentar a suspensão das eleições dando entrada em 7 ações na Justiça do Trabalho, durante a madrugada deste sábado (9), no plantão judiciário. Porém, todos os recursos foram negados.

Além das ações negadas, mais quatro candidatos da chapa de Filizola foram considerados inelegíveis. O mais conhecido é Honorio Pinheiro, que teve sua candidatura impugnada e confirmada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST).

O novo mandato de Luiz Gastão se inicia no dia 30 de maio deste ano e encerra em 29 de maio de 2026.


As eleições para renovar a diretoria da FECOMERCIO do Ceará acontecem hoje, após decisão da Justiça do Trabalho liberar o processo eleitoral. A comissão responsável pelas eleições, presidida pelo advogado Tomaz Figueiredo Filho, se reuniu nesta sexta,08, à tarde e marcou para hoje à votação.

Últimas notícias