Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

terça-feira, 26 de abril de 2022

Vereadores do Crato criticam Enel e pedem criação de força tarefa para barrar aumento no Ceará


Os Vereadores de Crato, criticaram o reajuste médio de 24,88% das tarifas da Enel Distribuição Ceará, durante a sessão plenária ordinária desta segunda-feira (25). Os valores passam a vigorar a partir deste dia 22 de abril.

Durante o pequeno expediente, o vereador Fernando Brasil (Progressistas) afirmou que o aumento é um absurdo. As críticas foram endossadas pela vereadora Professora Lurdes de Carlim (PT), e pelos vereadores Marconde da Vila (MDB) e Dr. Dudé (PSB).

O vereador Pedro Lobo (PT), por sua vez, solicitou que seja enviada à Assembleia Legislativa do Estado uma nota de repúdio em relação ao aumento. Ele abordou que o reajuste vai impactar de maneira mais significativa junto aos produtores rurais.

A vereadora Mariângela Bandeira (PDT) reclamou do mau-atendimento que a empresa presta para os usuários. Os parlamentares cobram dos Deputados Estaduais e Federais atuação no sentido de barrar o reajuste no Ceará.

Já o vereador Marquim do Povão (MDB) lembrou que o aumento foi autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e reforçou a necessidade de envio de nota à Assembleia.

Como encaminhamento, o vereador Luis Carlos (PDT), sugeriu a criação de uma comissão para protocolar junto aos órgãos de controle como: Agência Reguladora do Estado do Ceará, Tribunal de Justiça, Assembleia, Procuradoria do Estado e os órgãos de Defesa do Consumidor, o relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito - CPI da Enel.

Por fim, na ordem do dia foram aprovados diversos requerimentos e um Projeto de Lei.

Últimas notícias