Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

sexta-feira, 19 de novembro de 2021

23ª Mostra Sesc Cariri de Culturas chega a nove países em formato híbrido


Realizada em formato híbrido, a 23ª edição da Mostra Sesc Cariri de Culturas promoveu durante oito dias uma programação com diversas linguagens artísticas que aconteceu presencialmente e de forma virtual. Com 160 ações em cinco cidades da região do Cariri, o evento teve mais de 800 artistas envolvidos e contou com mais de 30 mil visualizações nas plataformas digitais, até o momento.

De 07 a 14 de novembro, a Mostra envolveu o público em apresentações de música, literatura, artes cênicas, tradição, biblioteca, pensando verde, artes visuais, audiovisual e patrimônio. Entre os destaques deste ano, está o fortalecimento da campanha de reconhecimento da Chapada do Araripe como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, iniciada em 2019, pelo Sesc Ceará.

Durante o evento, o presidente do Sistema Fecomércio-CE, Luiz Gastão Bittencourt, juntamente com integrantes do grupo de trabalho da campanha que conta com Universidade Regional do Cariri (URCA), Fundação Casa Grande e o Geopark Araripe, entregaram ao Secretário da Cultura do Estado, Fabiano Piúba, um documento que oficializa o pedido de chancela da Chapada do Araripe como Patrimônio em Paisagem Cultural. Na sequência das ações, o protocolo será submetido ao Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural do Ceará (COEPA).

Consolidada como um dos principais eventos culturais do Ceará, a Mostra Sesc também alcançou mais de 500 mil pessoas por meio da campanha digital nas redes sociais e ultrapassou as fronteiras territoriais, chegando a nove países, entre eles Estados Unidos, Irlanda e Grécia. Um público de mais de 3 mil pessoas acompanhou o evento também por meio do aplicativo Mostra Sesc Cariri de Culturas, nos sistemas operacionais Android e IOS.

A live de abertura com o cantor Nando Reis e seu filho, Sebastião Reis, teve quase 20 mil visualizações até o momento. No total, foram produzidos 97 vídeos com conteúdos exclusivos, entre eles 10 episódios da Websérie “Mestres Guardiões da Memória”, que valoriza os grupos de tradição popular, assim como locais importantes da região.

Como arte combina com solidariedade, assim como nas edições anteriores, a Mostra promoveu a doação de alimentos não perecíveis que serão destinados ao programa Mesa Brasil Sesc, beneficiando milhares de famílias em situação de vulnerabilidade social em todo o estado. No total, foram arrecadados mais de 500 quilos de alimentos durante as apresentações presenciais e na distribuição de mudas pelo projeto Pensando Verde.

Um dos momentos mais marcantes da Mostra foi a inauguração do Museu Casa de Telma Saraiva. Este é o 8º museu orgânico de uma rede de fomento à memória que irá eternizar a importância da artista, foto-pintora e fotógrafa Telma Saraiva, precursora na arte da fotografia pintada à mão desde a década de 40. O projeto do Sesc Ceará em parceria com a Fundação Casa Grande tem como objetivo ativar 17 espaços de memória e afeto na região do Cariri e 26 em todo o Ceará.

Para o presidente do Sistema Fecomércio, Luiz Gastão Bittencourt, essa Mostra teve um significado especial pelo retorno ao Cariri.  “Foi um momento de alegria poder reencontrar tantos amigos e reafirmar nosso propósito de contribuir com a promoção da cultura, tão abundante nesse território. Dessa trajetória de 23 anos, temos um legado que hoje se materializa no projeto Museus Orgânicos, uma rede de 8 espaços revitalizados e abertos para a comunidade; e agora, a campanha da Chapada do Araripe como Patrimônio da Humanidade que integramos junto ao Governo do Estado e parceiros”, afirma. ​

Últimas notícias