Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

sábado, 27 de novembro de 2021

Brasil 'fechará fronteiras aéreas' para seis países da África em virtude de variante Ômicron


O governo brasileiro anunciou nesta sexta-feira (26) que vai "fechar as fronteiras aéreas" a partir da próxima segunda-feira para seis países africanos, com o objetivo de evitar a disseminação da nova variante do coronavírus, batizada de Ômicron.

"Vamos resguardar os brasileiros nessa nova fase da pandemia", declarou no Twitter o ministro chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, especificando que a medida será oficializada neste sábado e que a restrição incluirá África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

A nova variante B.1.1.529 da Covid-19 foi classificada nesta sexta-feira (26) como "preocupante" pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

"A variante B.1.1.529 foi relatada pela primeira vez à OMS pela África do Sul em 24 de novembro de 2021 [...] Esta variante tem um grande número de mutações, algumas das quais são preocupantes", disse o grupo de especialistas comissionados pela OMS para acompanhar a evolução da Covid-19.

Como a comunidade científica também não sabe ainda se a Covid-19 se manifesta diferente no contágio pela nova variante, as pessoas também devem estar atentas aos sintomas tradicionais da infecção e obedecer aos protocolos de isolamento social em casos positivos. 

“Para se proteger dessas variantes são os mesmos cuidados que a gente vinha tomando com as outras: uso de máscara, de álcool em gel, distanciamento social. Até o momento, o que se sabe são poucas informações”, destacou o biomédico e microbiologista Samuel Arruda. (AFP)

Últimas notícias