Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

segunda-feira, 11 de outubro de 2021

Ceará foi o estado que mais perdeu formações florestais da caatinga em 36 anos, diz levantamento do Mapbiomas


O Ceará foi o estado que mais perdeu formações florestais do bioma caatinga, em 36 anos. A análise foi realizada por meio de imagens de satélite e compreende o período entre 1985 e 2020, no qual 340 mil hectares (o equivalente a 340 mil campos de futebol) foram reduzidos dessas formações.

A análise é do Projeto de Mapeamento Anual do Uso e Cobertura da Terra no Brasil (Mapbiomas). O projeto é uma iniciativa do Observatório do Clima, criado e desenvolvido por uma rede de universidades, ONGs e empresas de tecnologia.

Conforme o projeto, o Ceará é o estado do Brasil que mais possui formações florestais mapeadas na caatinga em todo o nordeste. São cerca de 2,149 milhões de metros quadrados de área do bioma. Essa vegetação, conforme o Sistema Nacional de Informações Florestais, é do tipo "savana estépica", com predomínio de árvores baixas e arbustos que, em geral, perdem folhas no período seco (espécies caducifólicas) e muitas espécies cactáceas.

Últimas notícias