Banner_head Governo do Estado

Banner_head Câmara

sexta-feira, 4 de junho de 2021

“Teste do bracinho” deverá ser obrigatório para atendimento em consulta pediátrica no Ceará


A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou nesta quarta-feira (2), a obrigatoriedade da realização do teste do bracinho em crianças a partir de 3 anos de idade durante atendimento de consulta pediátrica em hospitais, clínicas e unidades da rede pública de saúde do Estado. O projeto é de autoria do deputado estadual Fernando Santana (PT), e deve entrar em vigor após sanção do governador Camilo Santana. 

O teste do bracinho consiste na aferição da pressão arterial da criança pelo médico ou enfermeiro para diagnóstico precoce e prevenção de indícios de hipertensão arterial infantil, doenças cardíacas e doenças renais. Se, no ato da consulta for apontada alguma alteração, a criança deverá ser encaminhada para um atendimento especializado para a realização de exames complementares. 

“A instituição do teste do bracinho vai garantir o diagnóstico e o devido encaminhamento para tratamento adequado, prevenindo assim a evolução dessas doenças, assegurando a saúde de nossas crianças”, destaca Fernando Santana. 

O Ministério da Saúde estima que 35% da população adulta do país tenha hipertensão arterial e, de acordo com o texto do projeto, a doença em sua forma primária se origina na infância e adolescência. A obesidade infantil, o sedentarismo e a alimentação industrializada são fatores que contribuem para o desenvolvimento da enfermidade.

Últimas notícias