Banner_head Governo do Estado

Banner_head Câmara

sábado, 5 de junho de 2021

Governo do Ceará seleciona mais 750 artesãos para comercializar nos espaços da CeArt


Novas vitrines e mercados se abrem para mais 750 artesãos cearenses, com a divulgação do edital que selecionou artesãos e grupos artesanais para se credenciarem à venda nos espaços da Central de Artesanato do Ceará (CeArt), equipamento da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS). De acordo com o edital, 352 artesãos e das 18 entidades produtivas – que reúnem 400 artesãos – foram selecionadas para trabalhar com a Central.

A relação está disponível aqui. “É mais uma oportunidade de evidenciarmos a autenticidade dos produtos artesanais e de reconhecermos o belíssimo trabalho dos nossos artesãos, que estarão disponíveis nas lojas da CeArt e em feiras”, ressaltou a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana.

Maria Helena França Teles, 18 anos, residente em Lavras da Mangabeira, é uma das artesãs habilitadas. “Ô maravilha! O credenciamento vai me ajudar muito no meu trabalho. Vender para a CeArt vai abrir portas, aumentar a minha produção e as vendas”, afirma a jovem artesã, ao saber do credenciamento. Ela tece, manualmente, sousplats, cestas, organizadores e kits de higiene para bebês, em crochê. A inspiração de Maria Helena veio dos pais, que trabalham com pintur. Até agora, suas peças eram divulgadas e vendidas somente, sob encomendas, pelo Instagram no perfil @nobre.croche.

“Incentivar a criação e a arte é um dos objetivos da CeArt. Ao credenciarmos nossos artesãos, damos maior visibilidade, referência de qualidade de excelência, incentivamos a produção, geramos novas oportunidades de comercialização e de capacitação”, destaca a titular da SPS, Socorro França.

“Ter a associação aprovada nos deixa muito felizes, pelo apoio que recebemos, e pela vitrine para divulgação e para escoar as peças e criações, feitas no legítimo bordado à mão, pelos nossos mais de 50 artesãos”, destaca a presidente da Associação de Ação e Cidadania Roque Silva Mota (AACRSM), de Tejuçuoca, Nicolle Mota. “É sempre muito bom podermos participar de feiras e eventos que a CeArt promove e realiza”, acrescenta.

Do último edital, participaram 372 artesãos individuais, sendo selecionados 352; e 20 entidades de vários municípios cearenses, sendo credenciadas 18, que reúnem cerca de 400 artesãos. “O credenciamento abre portas para o artesão cearense tornar-se fornecedor para as lojas CeArt, e para os mercados local e regional, fortalecendo a renda familiar e economia”, acrescenta a coordenadora da CeArt, Patrícia Liebmann.

Após o credenciamento, os artesãos e entidades interessados devem apresentar, ao setor de Certificação e Capacitação da Ceart, os produtos e peças artesanais que desejam comercializar. Antes de serem adquiridos pela Central, eles são avaliados pela curadoria da Casa. O fone para contato é (85) 99285-1882.

O Ceará reúne, hoje, 35.054 artesãos cadastrados na CeArt e conta, agora, com cerca de 2.800 credenciados a prestarem serviços e produtos. A Central trabalha e comercializa criações de 16 tipologias artesanais diferentes, nas lojas físicas e no mercado eletrônico, com vendas para todo o Brasil.

Mais informações podem ser obtidas no e-mail coordenacao.ceart@sps.ce.gov.br.

Últimas notícias