Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

terça-feira, 20 de abril de 2021

STF desmoraliza apresentadora bolsonarista Leda Nagle pela disseminação de fake news anunciando "trama para STF matar Bolsonaro"


O Supremo Tribunal Federal emitiu uma nota na noite desta segunda-feira(19) para desmentir a falsa informação reproduzida pela jornalista Leda Nagle de que a Corte planejaria o assassinato do presidente Jair Bolsonaro.

Em vídeo que se espalhou pelas redes sociais, Nagle leu um tweet atribuído ao diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Gustavo Maiurino.

Nele, o ‘delegado’ divulga a ‘informação’ de que integrantes do STF e o ex-presidente Lula armariam um plano para matar Bolsonaro. A conta atribuída a Maiurino, no entanto, é falsa.

Nesta segunda, a jornalista pediu desculpas por disseminar fake news e disse que não houve tempo para conferir se a postagem era verdadeira.

Diz a nota divulgada pelo STF: “Circula pelas redes sociais um post atribuído ao novo diretor-geral da Polícia Federal que aponta um mentiroso plano envolvendo ministros do STF. Trata-se de perfil não verificado e, segundo a PF, falso. O STF reitera o alerta para a importância da checagem de informações suspeitas, como forma de evitar a propagação de fake news com o nome de autoridades e membros da Suprema Corte. Antes de compartilhar informações, verifique se a fonte é segura”.

Leda Nagle trabalha na TV Brasil , rede de TV do governo federal. Passou pela TV Globo. Se notabilizou nos últimos dois anos como atuante bolsonarista nas redes sociais.

Últimas notícias