Banner_head Governo do Estado

Banner_head Câmara

segunda-feira, 26 de abril de 2021

Câmara de Juazeiro escolhe membros da CPI dos contratos temporários apesar de tentativa de obstrução

 

Foto: Josimar Segunda/Ascom da Câmara

A reunião de Colégio de Líderes da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte para formar a Comissão Parlamentar de Inquérito, que visa investigar contratos temporários no município, aconteceu na nesta segunda-feira, dia 26, na sede nova da Casa Legislativa, mesmo após tentativa de obstrução.

A CPI ficou definida com Capitão Vieira Neto (Presidente), Janú (Relator) e Yanny Brena (Secretária). 

O Colégio de Líderes é composto por 12 vereadores. Dois faltaram: Cicinho Cabeleireiro (PSD) e Beto Primo (PSDB), sendo que o último justificou.

Na primeira chamada, nove compareceram: Yanny (PL), Raimundo Junior (MDB), Sargento Nivaldo (PTB), Ivanildo Rosendo (DC), Janu (Republicanos), Claudionor Mota (PMN), Rosane Macedo (Cidadania), Fábio do Gás (Rede), Rafael Cearense (Podemos). Os três últimos tentaram obstruíram a reunião deixando sem quórum.

Para se realizar a reunião precisa de quórum de sete vereadores do Colégio de Líderes, a metade mais um. A sessão foi obstruída com o esvaziamento por parte de três vereadores: Rosane Macedo (Cidadania), Fábio do Gás (Rede), Rafael Cearense (Podemos), mas na segunda chamada o vereador Firmino Calu (PSB) chegou e a reunião aconteceu.

Criação da CPI

A CPI tem a finalidade de investigar possíveis irregularidades nos contratos temporários de secretarias da Prefeitura Municipal. 

Assinaram a CPI sete vereadores: Janu, Yanny, Ivanildo, Bilinha, e Nivaldo Cabral, Firmino Calu e Capitão Vieira Neto, autor da CPI.

(Assessoria de Imprensa da Câmara)

Últimas notícias