Banner_head

terça-feira, 20 de outubro de 2020

Luizianne fala sobre políticas para as mulheres em Plenária

 


Durante a Plenária Mulheres com Luizianne, na noite dessa segunda (19/10), na sede do PT, a candidata do PT à prefeitura de Fortaleza falou sobre o apoio das mulheres à sua candidatura. “Ainda durante a pré-candidatura, em uma das plenárias, percebi que, com essa mulhereda do lado, não tem perigo de não dar certo; e estamos confirmando isso nas ruas, com o carinho e a dedicação dessas mulheres à nossa campanha”, afirmou.


Participaram da atividade cerca de 100 mulheres, dentre elas representantes de sindicatos, entidades, movimentos diversos e cidadãs contempladas pelos programas criados durante os governos de Luizianne.


“Em 2005, criamos a Secretaria Especial de Políticas Públicas para as Mulheres porque a gente queria ter certeza que as políticas públicas que saiam do gabinete da Prefeita seriam transversais a todas as outras áreas; por exemplo, quando se falava de educação, tinha que ter o corte da mulher; quando se falava de saúde, tínhamos que falar dos direitos reprodutivos – e foi daí que veio a ideia da construção de um dos maiores hospitais da mulher do Brasil, que é o Hospital da Mulher de Fortaleza”, resgatou a candidata.


Luizianne ainda lembrou a redução da mortalidade materna em seu governo, cujo índice caiu 75% e a redução de 50% da mortalidade infantil. Ela também falou sobre a fila do exame de mamografia, zerada em seu governo, e sobre as mais de 10 mil casas de habitação popular entregues em nome da mulher. A política de prevenção ao enfrentamento da violência contra a mulher também foi abordada pela candidata.


“Então as pessoas não estão votando no escuro quando elas escolhem a nossa candidatura, elas sabem que mais ninguém cuidou dessa Fortaleza como o governo do PT e a memória histórica está fortalecendo isso. Esse sistema, essa Fortaleza segregada não nos interessa, não faz parte da nossa crença de um mundo mais justo, mais humano, mais solidário e mais igual. E eu estou aqui para ganhar essa prefeitura; vamos provar na prática que é possível se governar com amor, com delicadeza, com autoridade, mas, ao mesmo tempo, trabalhando para combater a desigualdade dessa cidade que é tão brutal”, sintetizou.

Últimas notícias