Banner Governo do Estado

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

INSS prorroga a interrupção de bloqueio dos benefícios por falta de prova de vida

O INSS prorrogou por mais um mês a possibilidade de evitar o bloqueio de pagamento dos benefícios por motivo de não ter feito a prova de vida. Quem está há mais de 1 ano sem ter feito prova de vida, deve fazê-la comparecendo ao banco onde recebe seu pagamento portando documento de identificação com foto. 

A Portaria 1.053, publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 15 de outubro,  prorrogou a interrupção do bloqueio de pagamentos de benefícios até o fim de novembro. A prorrogação vale para os beneficiários residentes no Brasil e no exterior. De acordo com a portaria, permanecem a rotina e as obrigações contratuais estabelecidas entre o INSS e a rede bancária que paga os benefícios, e a comprovação da prova de vida deverá ser realizada normalmente pelos bancos. 

Este procedimento pode ser feito pelo titular do benefício ou seu representante legal (procurador, tutor, curador, administrador provisório) nos bancos. Se houver necessidade de atualização do representante legal do benefício, por motivo do titular não poder comparecer ao banco, o aplicativo Meu INSS é a forma de cadastrar ou renovar procuração ou decisões de tutela ou curatela, devendo o requerente solicitar o serviço e anexar os documentos pedidos pelo INSS, de forma totalmente à distância.

O segurado ou representante legal não deve sair de casa sem antes consultar o aplicativo Meu INSS, onde há o histórico de pagamento do benefício e outros extratos que informam a regularidade do pagamento. O atendimento presencial do INSS está funcionando apenas para os agendados de cumprimento de exigência, avaliação social, justificação administrativa, defesa de Monitoramento Operacional de Benefícios e Reabilitação Profissional, além de Perícia Médica em algumas Agências. Para mais informações, acesse www.inss.gov.br ou telefone 135.

Últimas notícias