Banner Governo do Estado

domingo, 18 de outubro de 2020

Deputado Audic Mota acusa Patrícia Aguiar pela volta da proliferação de Convid-19 em Tauá




O deputado estadual Audic Mota (PSB) veio a público, nesta sexta-feira, 16, para denunciar a candidata Patrícia Aguiar (PSD) como responsável pela volta dos altos índices de contaminação por Covid-19 no Município. 


Após a Secretaria de Saúde mostrar que Tauá lidera a taxa de testagem positiva do coronavírus (39% para 57%), no Estado, Audic Mota reforçou a acusação, feita nos últimos dias, de que aglomerações decorrentes de carreata promovida pela candidata, há duas semanas, foram o estopim para o repique de infestação da doença na cidade.


Segundo o parlamentar, a Coligação Tauáamor e Patrícia Aguiar são causadores do desastre epidemiológico, dado o relaxamento das medidas de prevenção, durante e após o evento. Audic Mota imputa, ainda, aos promotores da carreata, a possível regressão de Tauá na retomada das atividades econômicas, bem como a expectativa sobre a perda de mais vidas no Município.


O deputado, em sua fala no vídeo, frisa que deseja pronto restabelecimento de saúde a Patrícia Aguiar, acometida de Covid 19. 


Também, lembra que em vários municípios, o Ministério Público Eleitoral ingressou com ações, buscando a responsabilização por aglomerações em eventos de campanha. 


A Coligação de Patrícia havia recusado um primeiro acordo, para não realização de carreatas em Tauá. Proposta apresentada foi rejeitada pela representação, em audiência pública, no último dia 6, com a presença do juiz e do promotor eleitoral *(Recomendação do MP nº 02/2020/P19ª ZE)*. No entanto, após a candidata se apresentar enferma, o grupo recuou e aceitou o acordo, firmado na Justiça Eleitoral, na última terça-feira, 13, por cinco dos seis candidatos à Prefeitura.

Últimas notícias