Banner_head Governo do Estado

Banner_head Fortaleza

terça-feira, 20 de outubro de 2020

Camilo Santana quer reciprocidade na prevenção à covid para estrangeiro que vier para o Ceará


O governador Camilo Santana (PT) reagiu, nesta terça-feira, à decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de não acatar pedido do Estado para que houvesse reforço de ações, via Sesa, contra a covid-19 no Aeroporto Internacional Pinto Martins por meio de testes nos passageiros de voos internacionais.


"Enviei ontem ofício ao ministro das Relações exteriores para que seja seguido o princípio da reciprocidade, de acordo com o Direito Internacional Público. Ou seja, que as mesmas exigências feitas aos brasileiros no exterior sejam praticadas em solo nacional, como a realização obrigatória do exame de covid antes do passageiro embarcar para o Brasil", expôs o governador.


Ele reitera que quis com a medida garantir maior segurança para os cearenses, prevenindo que o aeroporto seja porta de entrada de um novo surto de covid-19.


Deixa claro o governador que os estrangeiros sempre foram e sempre serão muito bem recebidos no Ceará, reiterando que quer apenas a proteção de todos.

(Blog do Eliomar)

Últimas notícias