Banner Governo do Estado

Banner Prefeitura de Fortaleza

Banner Câmara de Fortaleza

RADIO

sábado, 5 de outubro de 2019

29° Cine Ceará leva Mostra Itinerante ao Centro Cultural do Banco do Nordeste do Cariri


O Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri receberá no próximo dia 09 de outubro, quarta-feira, a Mostra Itinerante do 29° Cine Ceará, realizada pelo Festival Ibero-americano de Cinema do Ceará.

Na ocasião, acontecerá uma sessão composta por três filmes que estiveram na programação deste ano do festival. Serão exibidos os curtas-metragens “Caretas”, da diretora Sara Parente e “Oceano”, das diretoras Amanda Pontes e Michelline Helena, e o longa-metragem “Soldados da Borracha”, de Wolney Oliveira.

A sessão acontece na próxima quarta-feira, dia 09 de outubro, às 18h30, no auditório do Centro Cultural do Banco do Nordeste Cariri, com entrada gratuita.

No dia seguinte, a Mostra Itinerante segue para o Centro Cultural Banco do Nordeste de Sousa (PB).

A Mostra Itinerante do Cine Ceará - Festival Ibero-americano de Cinema é uma realização da Secretaria Especial da Cultura – Governo Federal, Associação Cultural Cine Ceará e Bucanero Filmes e conta com o patrocínio do Banco do Nordeste.

Filmes que serão exibidos na Mostra Itinerante do 29° Cine Ceará
CARETAS
Direção: Sara Parente | Gênero: Documentário | Duração: 15´ | Ano: 2019 |
Classificação indicativa: livre
Sinopse: Uma pequena casa que abriga um museu vivo e um terreiro onde brincam o mestre, seus mascarados e suas figuras. Mestre Antônio Luiz desmancha o silêncio e comanda a brincadeira do reisado de caretas de couro no domingo de reis em Potengi-CE.

FILME: OCEANO
Direção:  Amanda Pontes e Michelline Helena | Gênero: Ficção | Duração: 15´29´´ | Ano: 2018 | Classificação indicativa: livre
Sinopse: Para honrar um compromisso, Lúcia atravessa um oceano. 

FILME: SOLDADOS DA BORRACHA
Direção: Wolney Oliveira | Gênero: Documentário | Duração: 79’ | Classificação indicativa: livre
Sinopse: Durante a segunda guerra mundial, 60mil brasileiros foram enviados para a região amazônica pelos governos do Brasil e Estados Unidos, para extrair látex, material estratégico para os exércitos aliados. A promessa da volta como heróis da pátria e de aposentadoria equivalente à dos militares nunca se cumpriu. Os que ainda sobrevivem, com idade avançada e em situação de pobreza, esperam o dia do reconhecimento oficial.

Últimas notícias