Banner_head camara fortaleza

Banner_head Governo do Estado

quarta-feira, 6 de abril de 2022

Suspeito criou cadastro dois minutos antes de solicitar viagem que resultou em morte de motorista


Um dos homens apontados pela investigação do caso que deixou dois motoristas de aplicativo mortos na região do Cariri pediu a corrida em uma conta recém-criada, dois minutos antes da solicitação da viagem. Em coletiva de imprensa, o delegado Giovanni Morais, que está acompanhando o caso, disse que o suposto passageiro não tinha qualquer avaliação no sistema do aplicativo. Ele ainda ressaltou que os lugares de partida e destino são considerados “zonas complicadas” do município de Barbalha, onde o crime aconteceu.

Esse é o terceiro caso de motoristas de aplicativo vítimas de latrocínio no Cariri em dois anos. Em 2020, outro caso da mesma natureza, envolvendo o desaparecimento de um profissional, também foi registrado em Barbalha. “É preciso que o motorista tenha cuidado quando for transportar um passageiro e verifique seu histórico na plataforma”, alerta o delegado. Ele recomenda ainda que os profissionais não façam corridas clandestinas, realizadas fora do sistema da plataforma.

No caso da última semana, um dos homens chegou a usar o celular da vítima para extorquir a companheira de um dos motoristas, segundo as investigações. Ele solicitou três depósitos, com valores de R$ 700, R$ 900 e R$ 1.400. O destino do dinheiro foi a conta da mãe de um dos suspeitos, identificado como Wesley Wilkinson Anjos dos Santos, e a conta da esposa do outro preso, Álisson Barbosa da Silva.

Os dois suspeitos possuem envolvimento nos latrocínios que vitimaram os motoristas de aplicativo. Com a captura de Wesley, primeiro a ser preso, o homem indicou onde deixou os corpos das vítimas e apontou ainda quem seria seu cúmplice na execução criminosa. Foi então que a Polícia Civil chegou a Álisson.Os corpos foram encontrados na Chapada do Araripe, na localidade de Sítio Serra dos Pequis, no município de Jardim, no Sul do Ceará. Também foi localizado o veículo de um dos motoristas. A dupla foi encaminhada à Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, onde os homens foram autuados em flagrante por latrocínio e ocultação de cadáver. A Polícia não descarta que mais pessoas estejam envolvidas nos casos e as investigações seguirão.

Com informações do repórter da Rádio CBN Cariri, Guilherme Carvalho


Últimas notícias