Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

quinta-feira, 21 de abril de 2022

SECULT Crato apoia 1ª edição do Laboratório de Música Porto Vila Cariri

 

Na segunda-feira, 11 de abril, a Escola Porto Iracema das Artes - instituição da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult), gerida pelo Instituto Dragão do Mar (IDM), deu início às atividades do Projeto aBarca, com o lançamento da primeira edição do Laboratório de Música Porto Vila Cariri (Lab Porto Vila Cariri), que ocorrerá em parceria com a Vila da Música Monsenhor Ágio Augusto Moreira. As inscrições podem ser feitas clicando através do link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdWtSGN-zdYWF6zbCkz5XmGjV9c9pHFxlfakeILCMFCsQW1vA/viewform.

A exemplo dos demais laboratórios de criação do Porto Iracema, tem como objetivo desenvolver projetos artísticos, numa perspectiva de processos criativos, desenvolvidos no período de sete meses. Podem participar do processo seletivo pessoas com residência comprovada na região do Cariri, Estado do Ceará, pelo menos há dois anos, com idade mínima de 18 anos completos. Serão selecionados até quatro projetos, sendo 50% das vagas destinadas para pessoas autodeclaradas pretas, pardas, indígenas, quilombolas, com deficiência, travestis, transexuais e transgêneros. As inscrições podem ser feitas até o dia 30 de abril no site da Escola.

Com uma metodologia inovadora, o programa formativo tem duração de sete meses. Nesse período, há uma bolsa no valor de R$1.000,00 para até três integrantes de cada projeto. As atividades incluem orientação coletiva e individual com tutores(as) escolhidos(as) de acordo com as poéticas de cada pesquisa, formação por meio de oficinas específicas e aulas abertas, além de todo o apoio estrutural da Vila da Música.Os projetos selecionados deverão apresentar, ao final do processo, um show/espetáculo ou outro formato resultante da imersão no Laboratório.

Com o objetivo de expandir as formações oferecidas pela Escola, além do laboratório, aBarca ainda prevê a realização de um programa de iniciação às artes, com cerca de cem cursos de qualificação profissional, numa oferta de 1.500 matrículas para jovens da faixa etária de 15 a 29 anos em situação de vulnerabilidade social. Os investimentos são da ordem de 1 milhão 700 mil, recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop) do Governo do Ceará.

Últimas notícias