Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

sexta-feira, 19 de novembro de 2021

Proposta obriga empresas de Teleatendimento a disponibilzarem chamadas de vídeo para pessoas surdas


Pelo projeto de lei de autoria do deputado Audic Mota (PSB), as centrais de atendimento telefônico “call centers”, bem como os serviços de atendimento ao cliente “SAC” e congêneres, ficariam obrigados a disponibilizar método de atendimento de chamada de vídeo para pessoas surdas, no âmbito do Estado do Ceará.

Isto aconteceria por meio de atendentes qualificados em Língua Brasileira de Sinais (Libras), em canal por vídeo exclusivo para pessoas acometidas de surdez.

Audic Mota argumenta que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) a surdez acomete 360 milhões de pessoas. E, até 2050, a expectativa é de que esse número cresça para 900 milhões. No Brasil, são cerca de 10 milhões de surdos, o que equivale a 5% da população.

“Essas pessoas têm garantido pela Constituição Federal e pela legislação infraconstitucional o direito à educação, à informação, à cultura e ao lazer, com as necessárias adaptações. O que se vê, no entanto, é a população com deficiência auditiva ser frequentemente apartada, pois não encontra condições acessíveis”, justifica.

Assim, o objetivo da proposição é facilitar a vida de cidadãos, considerando as novas mídias e tecnologias digitais que vêm transformando radicalmente os relacionamentos.

Últimas notícias