Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

quinta-feira, 4 de novembro de 2021

Audic Mota volta a denunciar abuso de poder e intimidação de PMs contra candidatura a prefeito de Jaguaruana


O deputado Audic Mota (PSB) voltou à tribuna, durante sessão plenária da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira, 4, para relatar ação arbitrária ocorrida nas eleições suplementares do município de Jaguaruana.

O parlamentar disse que reunião do comitê eleitoral do candidato Roberto da Viúva foi alvo de ação policial na noite de ontem, 3. “Ontem, chegou ao nosso gabinete a informação de que um grupo de policiais, de maneira arbitrária, tentou intimidar uma candidatura. Um grupo de elite da Polícia chegou ao local, encerrando as atividades. A população, que estava presente no Comitê, começou a rezar, como um gesto de quem estava ali pedindo paz e que a democracia fosse respeitada”, pontuou.

Audic apelou para que a Secretaria de Segurança Pública do Estado e o Comando Geral da Polícia acompanhem, de perto, as eleições suplementares de Jaguaruana e investigassem o caso. “Não pode simplesmente deixar rolar. A nossa preocupação é que isso possa tomar contornos ainda maiores. É impossível acreditar que agente de Estado possa fazer perpetrar atos intimidatórios”.

Em aparte, o deputado Danniel Oliveira (MDB), se solidarizou com o candidato a prefeito de Jaguaruana, Roberto da Viúva, e pediu acompanhamento do caso. “Quero chamar atenção da Polícia pelo tema que o senhor traz à tribuna. Temos que tomar uma atitude para que isso não pode acontecer, principalmente, em eleição”, pontuou.

Últimas notícias