Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

terça-feira, 10 de agosto de 2021

Guimarães quer R$ 600 como valor mínimo para novo Bolsa Família


O vice-líder da Minoria na Câmara, José Guimarães (PT/CE), apresentou emenda à Medida Provisória do “novo Bolsa Família” em que defende o valor mínimo de R$ 600 para o benefício. 

“É indiscutível que o Estado brasileiro deve caminhar rumo a um novo patamar de proteção social mínima à parcela da população que se encontra mais vulnerável, mas tal mudança deve acompanhar a real necessidade dos brasileiros”, argumenta o parlamentar.

Pela proposta do petista, o valor do benefício sugerido pelo “Auxílio Brasil” deve seguir o total aprovado pelo Congresso para o auxílio emergencial no início da pandemia. Com o passar do tempo, o governo federal chegou a pausar os repasses e, hoje, reduziu o benefício a R$ 150. 

“O povo brasileiro necessita de uma renda mínima que esteja adequada às suas necessidades. A decisão sobre o novo valor não pode deixar de levar em conta o desemprego recorde e a alta da inflação dos alimentos”, afirma Guimarães.

Últimas notícias