Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Aplicação da 3ª dose da vacina contra Covid inicia em setembro, diz ministro da Saúde


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou que o Brasil começará a aplicar a terceira dose da vacina contra a Covid-19 em idosos, entre 70 e 80 anos, e em imunossuprimidos a partir do dia 15 de setembro. O imunizante de reforço será o da Pfizer, conforme informações do jornal Folha de S. Paulo. 

Pessoas que possuem o sistema imunológico enfraquecido — como portadoras do HIV, indivíduos transplantados, pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses —, e já receberam a segunda dose da vacina há 21 dias, poderão tomar o reforço a partir do mês que vem. 

Os cidadãos entre 70 e 80 anos, que concluíram as duas espatas de imunização há mais de seis meses, também recebem a terceira dose em setembro.

"Nos reunimos ontem com a Opas [Organização Pan-Americana de Saúde] e com o comitê técnico que assessora a imunização e tomamos a decisão", disse o ministro à Folha de S. Paulo. 

Segundo o gestor, o dia 15 de setembro foi escolhido, pois, até a data, toda a população acima de 18 anos do Brasil já deve ter sido vacina com pelo menos uma dose do fármaco contra a doença. 

Queiroga ainda revelou ao jornal que, na mesma data, começa a redução do intervalo de aplicação da primeira e segunda dose dos imunizantes da Pfizer e da AstraZeneca, que passa de 12 para oito semanas, como já acontece em países como o Reino Unido.

O ministro explicou que as medidas têm o objetivo de prevenir o agravamento da pandemia no Brasil, que pode ser provocado pela variante Delta.  (FolhaPress)

Últimas notícias