Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

terça-feira, 31 de agosto de 2021

Assembleia Legislativa e Vice-Governadoria firmam parceria para ampliar ações de mediação de conflitos


O Núcleo de Mediação e Gestão de Conflitos (NUMGEC) da Assembleia Legislativa do Ceará e a Assessoria Especial da Vice-Governadoria do Ceará celebraram a assinatura do termo de cooperação técnica que vai fortalecer as ações voltadas ao tema da mediação de conflitos em todo o estado. O encontro contou com a presença da vice-governadora Izolda Cela, da primeira-dama do Parlamento Estadual, Cristiane Leitão, do vice-presidente da Assembleia, deputado Fernando Santana, da coordenadora do Núcleo de Mediação e Gestão de Conflitos da AL, Juliana Holanda, e da coordenadora do Núcleo de Práticas Sistêmicas e Restaurativas da AL, Selma Machado.

Antes da assinatura, Izolda Cela ressaltou a iniciativa da Assembleia Legislativa e o empenho de seu presidente, deputado Evandro Leitão, na implantação de núcleo que aborde as questões de mediação de conflitos e no investimento em ações de cidadania. "Aqui há toda uma reverberação importante de práticas que alcançam servidores e comunidades próximas da Assembleia e o Estado como um todo, na medida em que esses trabalhos vão se expandindo, por meio de capacitação de pessoas e envolvimento de parceiros", disse a vice-governadora.

Já Cristiane Leitão defendeu que o Parlamento tem a missão de aproximar as comunidades dos serviços públicos prestados. "É assim que a gente vai construir um olhar para o coletivo. Nesta gestão do presidente Evandro, trouxemos a visão de que é preciso pensarmos as ações da Assembleia para cuidar das pessoas. Se a sociedade começar a olhar para o outro, certamente vamos melhorar". 

O termo de cooperação conta com a assinatura do presidente Evandro Leitão e tem o objetivo de avançar nas chamadas práticas autocompositivas e práticas restaurativas. Na parceria entre Assembleia e Vice-Governadoria, serão organizados encontros para debater propostas, experiências e boas práticas relativas aos métodos consensuais de solução de conflitos, assim como questões abordadas na mediação comunitária. Além disso também estão previstos cursos, palestras e capacitação sobre as temáticas dialogadas na área de mediação.

Últimas notícias