Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Mais Infância Ceará chega aos seis anos de criação atuando na garantia de direitos das crianças cearenses


Há exatos seis anos, o Programa Mais Infância Ceará tem o desafio de gerar possibilidades para o desenvolvimento integral das crianças. A iniciativa, instituída política pública estadual, promove o desenvolvimento infantil através das diversas ações realizadas nos 184 municípios cearenses, além do fortalecimento de vínculo da criança com a família e a comunidade.

“Estabelecer bases sustentáveis para o desenvolvimento integral de nossas crianças é o que nos move, diariamente, no Programa Mais Infância Ceará. Desde 2015 já são 297 equipamentos para o desenvolvimento infantil entregues pelo Mais Infância. Seguimos na luta para proporcionar um presente e um futuro de oportunidades para as nossas crianças. São seis anos de avanços que deixarão um legado para a infância”, destaca a idealizadora do Programa e primeira-dama do Ceará, Onélia Santana.

De natureza multissetorial, a iniciativa é estruturada em quatro pilares: Tempo de Nascer, que atende a reestruturação alinhada de cuidado materno-infantil, visando a redução da morbimortalidade materna e perinatal; Tempo de Crescer, que contempla a construção de uma rede de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, por meio de serviços e formações de profissionais; Tempo de Brincar, que foca nos benefícios para o desenvolvimento físico, cognitivo e emocional das crianças; e Tempo de Aprender, que compreende a escola como direito de todos.

O Programa

Criado em agosto de 2015, defende a necessidade de um olhar especial e mais dedicado à infância, a partir de um diagnóstico da situação do Estado na área e do mapeamento das ações voltadas para o segmento nas diferentes secretarias estaduais.

Ações e Resultados

O Governo do Ceará vem fazendo uma série de investimentos para melhorar a vida de cada menino e menina cearense, como a implantação do Cartão Mais Infância, transferência de renda no valor de R$ 100 para famílias com crianças de 0 a 5 anos e 11 meses. Esses beneficiados são públicos prioritários das políticas de saúde, educação e assistência. Neste ano, o Governo do Ceará realizará o pagamento do auxílio para 150 mil núcleos familiares, com o investimento de R$ 134,5 milhões, no intuito de superar a extrema pobreza no Estado. A ação ganhou também o reforço de agentes sociais que vão atuar nos municípios cearenses, para qualificar e ampliar o acesso dessas famílias às políticas públicas municipais e estaduais.

Últimas notícias