Banner_head Governo do Estado

Banner_head Câmara

sábado, 10 de julho de 2021

Enem: pagamento da inscrição pelo Governo do Ceará apoia alunos que tiveram isenção indeferida


O benefício do pagamento da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), concedido pelo Governo do Ceará a alunos e egressos da rede pública estadual que tiveram o pedido de isenção negado pelo Governo Federal, representa alívio financeiro a cerca de 4 mil estudantes e suas famílias, que teriam de desembolsar R$ 85 para garantir a participação no Exame. A medida contempla aqueles que, devido à pandemia, não prestaram a prova em 2020. O projeto foi aprovado pela Assembleia Legislativa, no dia 1º deste mês, e sancionado pelo governador Camilo Santana na última terça-feira (6).

Giselly Nascimento, de 17 anos, cursa a 3ª série do Ensino Médio técnico em Enfermagem na Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Irmã Ana Zélia da Fonseca, no município de Milagres. A jovem sonha um dia ser médica psiquiatra e, para conquistar o objetivo, tem cumprido uma rotina de estudos que vai das 7h às 18h, diariamente. “Tenho a ajuda de vários professores, que sempre me disponibilizam materiais ótimos”, explica.

Com a certeza da inscrição no Enem, Giselly agora sente que pode se concentrar melhor na aprendizagem dos conteúdos. “Minha família buscaria formas de pagar, mas fiquei aliviada com a notícia de que seria pago pelo Governo Estadual. Ajudou muito e minha mãe não precisou se preocupar tanto”, frisa a jovem.

Economia

Catarina Brito, de 17 anos, é aluna da 3ª série na Escola de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI) Professor Milton Façanha, em Mulungu. Já na condição de dona de casa, casada e com uma filha de 2 anos, trabalha como diarista e pretende cursar Enfermagem. “Gosto de procedimentos que envolvem corte. Todas as noites estudo um pouco”, diz.

Catarina tem acompanhado as matérias, principalmente, por meio de atividades impressas que recebe da escola, já que não tem facilidade de acesso aos meios digitais para participar das aulas remotas. O pagamento da taxa de inscrição pelo Governo significou um peso a menos nas despesas da família. “Como já tenho minha casa, e não temos renda fixa, facilitou um pouco. Gostei de ter recebido para não ter que tirar do bolso, principalmente porque tenho criança pequena”, observa.

Como solicitar

Para terem acesso ao benefício, estudantes que tiveram o pedido negado devem realizar a inscrição online, até 14 de julho, e gerar o boleto para pagamento da taxa de inscrição. O boleto deve ser entregue à escola, que o encaminhará para as regionais de educação. As regionais enviarão o boleto à Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), que providenciará o pagamento.

Últimas notícias