Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

quarta-feira, 21 de julho de 2021

Assembleia Legislativa inaugura núcleos de mediação e sistêmico restaurativo


A Assembleia Legislativa do Ceará inaugurou, nesta quarta-feira (21), o Núcleo de Mediação e Gestão de Conflitos e o Núcleo Sistêmico Restaurativo da Casa, que serão coordenados pela primeira-dama do Legislativo estadual, Cristiane Leitão.

O presidente da AL, deputado Evandro Leitão (PDT), explicou que a criação dos núcleos é uma forma de humanizar os serviços e solucionar os conflitos existentes, evitando a judicialização. "A partir de agora, vamos oferecer esses serviços desses dois núcleos que se complementam. Estamos motivados para, cada vez mais, fazer um serviço de excelência, aproximando o Parlamento cearense do povo", assinalou.

Recentemente, a Assembleia Legislativa instalou os núcleos de Saúde Mental; Saúde do Trabalhador e o Núcleo de Responsabilidade Social, como lembrou o parlamentar. "Esses dois novos núcleos vieram para somar e trazer à sociedade atendimentos de forma mais humanizada. Queremos solucionar conflitos e fazer com que a cultura de paz seja praticada", assinalou.

Evandro Leitão agradeceu ainda a todos os servidores que fazem o Departamento de Saúde da Casa e salientou a necessidade de buscar a paz interior. "A paz começa dentro de cada um e, com isso, podemos disseminar a paz, buscando justiça social", assinalou.

A primeira-dama da Casa, Cristiane Leitão, enfatizou que ambos os núcleos visam levar a cultura de paz, gerindo conflitos. "Buscamos solucionar os conflitos através do diálogo e tratar também as emoções. Queremos levar esse cuidado para as pessoas e transformar o enfrentamento em soluções. O diálogo traz a paz. A Casa Legislativa está abrindo suas portas e, através desses núcleos, podemos fazer coisas grandiosas no tocante à cultura de paz", disse.

Cristiane Holanda, coordenadora da Coordenadoria de Cultura de Paz da Vice-Governadoria, parabenizou a iniciativa da Casa e destacou ainda a importância de trabalhar a paz nas escolas e comunidades. "O dia 22 de julho, Dia da Paz e da Conciliação, já existe em oito estados e 37 municípios. O objetivo é que esse dia seja implantado em mais estados e que possamos trabalhar a paz não apenas nessa data. A Assembleia traz uma ação importante nesse sentido, que vem para somar e ampliar a cultura da paz", afirmou.

Para o presidente da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Ceará (Assalce), Luiz Edson, o projeto é mais uma ação importante que vem para somar no Departamento de Saúde da Casa. "Esses núcleos, que vão atender tanto servidores como a comunidade do entorno, serão instrumentos para dar acolhimento aos cidadãos. O Departamento de Saúde e Assistência Social da Assembleia é o maior projeto social do Poder Legislativo e a cada dia é mais enriquecido", frisou.

A coordenadora do Núcleo de Mediação e Gestão de Conflitos, Juliana Holanda, explicou que o intuito é atender conflitos internos e das comunidades do entorno da Casa. "Vamos trabalhar no resgate ao diálogo em conflitos familiares, de paternidade, vizinhança, entre outros. Queremos fortalecer a cultura de paz, mostrando que os conflitos não precisam ser litigados. Queremos focar na humanização, buscando a mediação entre as pessoas", assinalou.

Já o Núcleo de Práticas Sistêmicas busca tratar os conflitos pessoais voltados para a atenção sistêmica, como explicou a coordenadora, Selma Machado. "O trabalho conta com uma psicóloga que vai acompanhar a pessoa, tanto de maneira individual como em grupo. É um ciclo restaurativo voltado para as emoções dos envolvidos", destacou.

A inauguração do Núcleo de Mediação e Gestão de Conflitos e o Núcleo Sistêmico Restaurativo da Casa faz parte de uma série de atividades para celebrar a Semana da Cultura de Paz, em alusão ao Dia da Paz e da Conciliação no Ceará, celebrado em 22 de julho.

Últimas notícias