Banner_head camara fortaleza

sábado, 4 de junho de 2022

Juiz federal suspende processo do TCU que cobra R$ 2,8 milhões de Deltan Dallagnol

 


A Justiça Federal suspendeu nesta sexta-feira (3/6) o processo do Tribunal de Contas da União (TCU) que cobrava R$ 2,8 milhões do ex-procurador Deltan Dallagnol, ex-coordenador da operação Lava Jato, a título de restituição de valores pagos em diárias de viagem, durante a operação.

A decisão é de caráter liminar e foi tomada pelo juiz substituito da 6ª Vara Federal de Curitiba, Augusto César Pansini Gonçalves.

No despacho, o magistrado aponta ilegalidade no processo contra Dallagnol e sustenta que o ex-procurador não era o ordenador de despesas da força-tarefa. Além disso, ele critica o ministro relator do processo na Corte de contas, Bruno Dantas

Últimas notícias