Banner_head camara fortaleza

quarta-feira, 8 de junho de 2022

Ciro diz que candidato do PDT ao Governo do Ceará será anunciado até dia 15 de julho


O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) enviou uma carta endereçada ao jornalista Macário Batista, do jornal O Estado, e definiu que o candidato do PDT sairá até o dia 15 de julho. O ex-governador do Ceará confirmou que os nomes de Izolda Cela, Roberto Cláudio, Evandro Leitão e Mauro Filho estão na disputa e que qualquer um dos candidatos podem ser escolhidos.

“Eles são o que de melhor, no momento, podemos oferecer ao povo cearense. Como escolher entre tantos extraordinários quadros sem quebrar nossa unidade? Também isto foi apalavrado: cada um deles percorreria isoladamente, ou em conjunto, o território cearense, ouviriam a população, apresentariam suas ideias e propostas até que, ali pela primeira quinzena de julho, avaliaríamos junto à opinião pública qual seria o quadro mais viável para salvar o Ceará de uma tragédia política”, disse Ciro em um trecho da carta.

Leia a carta na íntegra:


“Estimado e admirado amigo Macário, estou muito impressionado com o ambiente de futricas e intrigas que tem dominado nosso ambiente político cearense por estes dias. Seu leitor assíduo, quebro uma lógica de não me deixar envolver nesta trama de traições, soberba e falta de humildade, para lhe esclarecer, até onde sei, como estão as coisas, do nosso ponto de vista. Temos um adversário muito forte na disputa para o governo do Estado. Alguns creem que a muleta do nosso apoio e de Lula garantiria a vitória a qualquer um. Não acredito nisto e me ponho de forma muito humilde, cheio de cuidados, para não ver nosso Estado ser entregue ao que há de pior no bolsonarismo boçal. Entre nós, como já é tradição conhecida, não costumamos apontar de cima para baixo quem serão os candidatos do partido. A ideia é colocar o projeto acima de naturais pretensões individuais, por mais qualificadas que sejam. Foi assim na escolha de Roberto Cláudio lá atrás, na de Camilo Santana há oito anos e mais recentemente na escolha de José Sarto. Cada um deles, na origem, muito pouco conhecidos do grande público.


Agora o que temos apalavrado com os aliados é que ao PDT tocará a tarefa de apresentar seu candidato entre quatro nomes, cada qual, digo eu, mais preparado, honrado e capaz de corrigir possíveis erros de encaminhamento, garantir que não haja retrocesso em políticas que hoje são modelos para o Brasil, e, mais importante, acertar com nosso povo o novo passo para o desenvolvimento do Ceará e proteção contra a pior crise social e econômica da historia.


A governadora Izolda Cela e nossa brilhante conterrânea sobralense, minha amiga de infância, campeã da nossa vitoriosa política educacional; o deputado Mauro Filho , o grande artífice da saúde financeira do Ceará, sem o que nada teria acontecido, e também o mais preparado quadro de economistas do Brasil; o jovem e talentoso presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão, cuja liderança tem sido fundamental para o bom êxito do projeto, brilhou no enfrentamento das gravíssimas crises impostas pelos sangrentos motins na nossa polícia e pela pandemia; e Roberto Cláudio , um quadro que se notabilizou como presidente da Assembleia Legislativa e, especialmente, como o melhor prefeito da história de Fortaleza.


Eles são o que de melhor, no momento, podemos oferecer ao povo cearense. Como escolher entre tantos extraordinários quadros sem quebrar nossa unidade? Também isto foi apalavrado: cada um deles percorreria isoladamente, ou em conjunto, o território cearense, ouviriam a população, apresentariam suas ideias e propostas até que, ali pela primeira quinzena de julho, avaliaríamos junto à opinião pública qual seria o quadro mais viável para salvar o Ceará de uma tragédia política. Vai ser assim, portanto, nossa dinâmica . Os piores conselheiros neste momento seriam o “já ganhou”, o salto alto, a vaidade, as intrigas, os conchavos, as traições e a ambição desmedida. Tentar impor um ou outro pelos jornais, mais queima este nome e compromete nossa unidade, fortalecendo o adversário que já e muito forte, do que ajuda. Abraço grande, Ciro.“

Últimas notícias