Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

quarta-feira, 13 de outubro de 2021

Barro deve ter eleição suplementar ainda neste ano e câmara municipal abre duas vagas


No município do Barro, no Cariri, a Câmara Municipal abriu duas vagas. Uma com a morte do vereador Francisco Iranildo dos Santos, o "Iranildo do Riachão"; que morreu de câncer aos 50 anos e a outra com a ida da vereadora Vanda (PSD), para o comando interino do executivo municipal, após o TRE-CE afastar o prefeito Marquinélio Tavares (PSD) e o vice José Vanderval Feitosa (PDT).

Vanda tomou posse como prefeita interina na tarde do último sábado (9). A corte entendeu Marquinélio e Vanderval praticaram abuso de poder econômico e fraude em contratações de servidores temporários para o combate à pandemia de Covid-19. Por isso, foram declarados inelegíveis por 8 anos, a contar das eleições de 2020.

Iranildo do Riachão era filiado ao MDB e havia sido eleito em 2020 com 601 votos.

O TRE-CE, conforme a legislação eleitoral, deve confirmar nova eleição no Barro ainda neste ano, logo após o recurso da defesa de Marquinélio e Vanderval ser julgado no TSE, em Brasília. Pelo calendário do TSE estão previstas ainda para 2021 duas datas para eleições suplementares no país. Uma em novembro e outra em dezembro.

Já a Câmara Municipal do Barro ainda não se pronunciou acerca dos nomes que irão substituir Iranildo do Riachão e a vereadora, agora prefeita, Vanda.

Últimas notícias