Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

sexta-feira, 1 de outubro de 2021

Ampliação de indústria de calçados em Crato deve gerar 1.500 novos empregos até 2025


Mais empregos para os cearenses. O governador Camilo Santana acompanhou, na tarde desta quinta-feira (30), em Crato, o anúncio feito pela empresa Grendene de que vai ampliar sua fábrica no município, com previsão de implantação para 2022. O Ceará é, atualmente, o segundo maior empregador da cadeia calçadista do Brasil e o primeiro da região Nordeste. Com a ampliação, será utilizada uma área de 10.800m² e serão investidos R$30 milhões. A expansão da empresa deve gerar 1.000 novos empregos até 2023 e mais 500 até 2025. A ampliação será feita para aumentar a capacidade mensal da empresa de produzir 500 mil calçados, palmilhas, entressolas e solados em E.V.A.

Camilo Santana comemorou a notícia da ampliação da fábrica e destacou a importância da ação para a geração de novos postos de trabalho. “A Grendene vai praticamente dobrar sua capacidade. Estava conversando com o Pedro (Grendene) e a meta é estar com o galpão pronto já em 2022. Ela vai gerar mil empregos na primeira fase e depois mais 500. Isso significa oportunidade e emprego para as pessoas, e é o que mais estamos trabalhando e querendo neste momento para o Ceará. Não tenho dúvida que aqui vai gerar muitas oportunidades para outras pessoas terem a dignidade de ter um trabalho e levar o sustento de suas famílias”, afirmou o governador.A empresa está projetando que, juntando as unidades de Crato e Sobral, haverá uma produção anual de calçados, somente de uma de suas marcas, de aproximadamente 3,2 milhões de pares. Pedro Grendene, vice-presidente do Conselho de Administração da empresa, reconheceu a ajuda dos colaboradores para fazer com que chegassem a este momento, lembrando também a parceria do Estado.

“No ano em que a Grendene comemora seus 50 anos, queria dizer aos nossos colaboradores que sem eles nada do que a gente está fazendo aqui seria possível. São essas pessoas que queremos homenagear aqui. Ao mesmo tempo, não posso deixar de agradecer ao Governo do Ceará que há tantos anos nos apoia e que hoje, na pessoa do governador Camilo Santana, não tem medido esforços para ajudar a população e as indústrias”, enfatizou. Pedro reforçou o compromisso com o desenvolvimento econômico local. “Temos a felicidade de poder estar aqui hoje comemorando esses 50 anos e dobrando a fábrica do Crato, feita por cearenses, desenvolvida pelo nosso pessoal daqui do Ceará, seguramente construída pelas construtoras daqui, que vai empregar pessoas daqui e seguramente vai ajudar a desenvolver esse estado”, disse.


Últimas notícias