Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Mês da Primeira Infância: Governo do Ceará promove Seminário Estadual do Aleitamento Materno


O Governo do Ceará, através do Gabinete da Primeira-Dama e das Secretaria da Saúde e da Proteção Social, promove nesta quarta-feira (11), de forma virtual, o Seminário Estadual do Aleitamento Materno. O intuito é estimular o aleitamento materno, sensibilizar e capacitar os profissionais e gestores da saúde para a importância de apoiar as mães no ato de amamentar. O evento, que acontece no Mês da Primeira Infância e integra a campanha Agosto Dourado, traz o tema “Proteja a amamentação: uma responsabilidade compartilhada”, com participação da primeira-dama do Ceará, Onélia Santana.

Idealizadora do Programa Mais Infância Ceará, Onélia Santana ministrará a palestra "A importância do aleitamento materno para o desenvolvimento infantil", reforçando a importância da amamentação para a mãe e para o bebê. "Amamentar é mais do que nutrição, é um gesto de amor, que fortalece o vínculo entre a mãe e o bebê. Eu tive o grande prazer de amamentar meus dois primeiros filhos e, daqui a pouco, espero estar amamentando novamente. É importante que todos e todas estejam envolvidos, especialmente a família, os profissionais de saúde e os centros de apoio", destaca.

A médica pediátrica Diva Fernandes, o presidente do Departamento de aleitamento materno da Socep e membro do IBFAN; e o médico João Aprígio, coordenador da rede Global de Bancos de Leite Humano (rBLH) e pesquisador da Fiocruz premiado pela OMS também participarão da programação. Entre os assuntos abordados no evento estão: estratégias para estimular o aleitamento materno; as experiências exitosas no Ceará; relatos com histórias de sucesso; os avanços e desafios da amamentação; entre outros.

Na ocasião, a médica pediátrica Rejane Santana, coordenadora do Banco de Leite Humano do Hospital Geral Dr. César Cals, abordará o "Aleitamento nos tempos de COVID". Para ela, pensar na distribuição geográfica dos Bancos de Leite Humano é um fator significativo para atender a Rede de saúde do Ceará. "Estrategicamente, nossos bancos de leite estão distribuídos nas regiões do Estado. Isso faz com que possamos atender o maior número de cearenses, distribuindo o alimento tanto para os bebês que estão na rede pública quanto na rede privada", salienta.

Últimas notícias