Banner Prefeitura de Fortaleza

Banner Camara de Fortaleza

Banner BNB

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Petistas e entidades se mobilizam em defesa de um Fundeb permanente



27 de novembro é o Dia Nacional de Mobilização pelo novo Fundeb. Os movimentos sociais, entidades ligadas à educação e parlamentares petistas estão juntos na luta pelo novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e pela valorização dos Profissionais de Educação. Ato no Salão Verde da Câmara Federal ocorreu na tarde desta quarta-feira (27).

“O Núcleo de Educação do Partido dos Trabalhadores no Congresso Nacional tem priorizado o debate a respeito da aprovação da permanência da manutenção do Fundeb. Sem o Fundeb não haverá educação pública de qualidade em nosso País. Estamos em defesa dessa PEC [proposta de emenda à Constituição] que é fundamental para respondermos a essas afrontas e ataques do governo Bolsonaro, defendendo a educação pública, gratuita e de qualidade em nosso País”, afirmou o deputado Waldenor Pereira (PT-BA).

Waldenor denunciou que o governo de Jair Bolsonaro tornou a educação o seu principal alvo. “Esse governo, com essa política extremamente reacionária e conservadora, tomou como alvo principal de seus ataques a educação pública do País. São inúmeras as iniciativas adotadas pelo governo Bolsonaro que ataca, que agride, que ameaça a educação pública do Brasil, como o Future-se, Escola Sem Partido, cortes e contingenciamentos, que ameaçam frontalmente a educação pública brasileira”, lamentou.

Qualidade na educação
A professora Rosa Neide (PT-MT) afirmou que o Fundeb é um dos mecanismos que mais promove a equidade no país. “O verdadeiro pacto federativo deve se dar pela maior e melhor distribuição das riquezas nacionais entre os entes federados e a população, com garantia de melhor atendimento das políticas públicas à sociedade. E o Fundeb é um dos mecanismos que mais promove a equidade e a qualidade na educação”, destacou.

Para o deputado José Guimarães (PT-CE), o Fundeb deve ser uma pauta de todos que lutam pela educação no Brasil. “Nós precisamos do Fundeb, o Brasil precisa do Fundeb. O Brasil precisa se unir, para quem defende a educação pública essa é a causa”.

“Proporcionar educação pública e de qualidade é dever do Estado. É Direito dos cidadãos”, escreveu o deputado Célio Moura (PT-TO) em suas redes sociais.

Parlamentares da Bancada do PT participaram do ato em defesa da proposta de emenda à Constituição (PEC 15/2015) que torna o Fundeb instrumento permanente de financiamento da educação básica pública.

Últimas notícias