Banner Prefeitura de Fortaleza

Banner Camara de Fortaleza

Banner BNB

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Jornalista do Cariri é finalista em prêmio nacional - Votação popular termina nesta sexta-feira, 29


A reportagem Chikungunya: até 40% dos pacientes podem desenvolver artrite, publicada no Portal da Cariri Revista no início de novembro está entre as finalistas do 4º Prêmio SBR/Pfizer – Doenças Reumáticas. E o público pode ajudar a escolher os vencedores. A segunda etapa da premiação é a votação popular que está aberta até esta sexta-feira, 29. O prêmio é realizado pela Sociedade Brasileira de Reumatologia e Pfizer para reconhecer as melhores publicações jornalísticas na área em todo o Brasil. Clique no link e vote.

A matéria foi produzida pela repórter Bruna Vieira, que ressalta a importância do tema. “Vivemos em um país tropical com a presença do mosquito Aedes aegypti, as pesquisas realizadas no Cariri cearense são pioneiras, mostram resultados positivos no tratamento dos pacientes com a artrite crônica da Chikungunya e seus impactos estão muito além da nossa região. Levar esse conhecimento ao público é fundamental. Com a premiação, é possível atingir todo o Brasil”, destacou.

A jornalista acredita que é um marco para a comunicação no Cariri. “Se vencermos será a primeira vez que um veículo do interior, da região, recebe um prêmio de jornalismo nacional. Isso é de extrema importância porque reconhece a qualidade do material produzido aqui e abre portas para que mais jornalistas participem. É uma valorização ao nosso trabalho e fico muito feliz por representar o Ceará. Grandes veículos nacionais também estão na final, como o jornal Zero Hora, a rádio Band News e o Portal Dráuzio Varella. Agora contamos com a ajuda dos nossos leitores para vencermos a premiação, votando no site”, declarou.

A reportagem é a única representante do estado na premiação e concorre na categoria Mídias Online (site, blog e agência de notícias). A iniciativa já premiou grandes veículos de jornalismo no Brasil, como a TV Globo, Correio Braziliense e Revista Saúde. No total serão entregues R$ 27 mil aos três vencedores de cada categoria (mídia impressa, online e eletrônica). O júri especializado avaliou os critérios de criatividade, pesquisa do tema, números e dados estatísticos e impactos para o público em geral. Os 10 trabalhos mais pontuados seguem na etapa de votação popular. Os mais votados recebem 10 pontos, os segundos ganham 5 pontos e os terceiros acrescentam 3 pontos à nota geral.

Votação do público

Para votar, acesse www.premiosbrpfizerjornalismo.com.br, na categoria Mídias Online selecione Chikungunya: até 40% dos pacientes podem desenvolver artrite, Bruna Vieira (Cariri Revista), clique em Concluir votação para finalizar o voto. É necessário preencher um rápido cadastro com CPF, RG e email e votar em todas as categorias. Todas as matérias estão disponíveis para download no site. Só é aceito um voto para cada pessoa. Participe!


Leia a reportagem completa clicando abaixo:
Chikungunya: até 40% dos pacientes podem desenvolver artrite

Últimas notícias