Banner_head Governo do Estado

domingo, 6 de dezembro de 2020

Operação Onzenário: TRF-5 manda soltar empresário "Zé do Gás" é solto


O desembargador Alexandre Luna Freire, do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), em Recife, concedeu neste sábado, 5, habeas corpus (HC) ao empresário Luiz Antônio Ribeiro Valadares de Souza, conhecido como “Zé do Gás” e ex-genro do secretário do Turismo do Ceará, Arialdo Pinho.

Ele foi solto às 22h50min. Mais cedo já havia sido solto, por habeas corpus do mesmo desembargador, o empresário Bruno Barbosa Borges. Os dois foram presos na última quinta-feira pela Operação Onzenário, da Polícia Federal.

Eles são investigados por suspeita de irregularidades na concessão de empréstimos consignados no Estado entre 2009 e 2013. Arialdo Pinho, na época secretário da Casa Civil, também é investigado, mas não foi preso. O habeas corpus foi impetrado pelo advogado Flávio Jacinto.

A investigação gira em torno de fraudes na operação de empréstimos consignados aos servidores do Estado. Borges foi proprietário da ABC (Administradora Brasileira de Cartões S.A) e era sócio de Zé do Gás na Promus, que coordenava a liberação dos créditos.

Essas empresas eram as estruturas que serviam de base para o suposto esquema. A operação Onzenário tenta detectar crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, fraude em licitação, crimes contra o sistema financeiro e organização criminosa.

Arialdo Pinho teve quatro endereços visitados durante a operação da PF. A suspeita é de que todo o esquema tenha movimentado R$ 600 milhões. Destes, foram bloqueados R$ 106 milhões via contas bancárias, investimentos e apreensão de objetos como carros de luxo e obras de arte. (O Povo)

Últimas notícias