Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

sexta-feira, 3 de setembro de 2021

Bolsonaro diz que: "Ninguém precisa temer o 7 de setembro"


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que "ninguém precisa temer o 7 de setembro", em referência aos atos convocados por seus apoiadores para o feriado da Independência. As manifestações do próximo dia 7, que devem levantar pautas da agenda do presidente como voto impresso e impeachment de ministros do Supremo, acendem alerta para possíveis atentados antidemocráticos.

Bolsonaro, por sua vez, confirmou que pretende participar do evento em Brasília, pela manhã, e disse que posteriormente vai discursar também na manifestação em São Paulo, onde projeta reunir até 2 milhões de pessoas.

"Creio que o que acontecer no dia 7, o mundo e vocês vão ver uma fotografia. Um mar verde e amarelo pela frente", disse durante a cerimônia de autorização de concessões ferroviárias que aconteceu na tarde de hoje, no Palácio do Planalto. 

Em seu discurso, Bolsonaro ainda fez menção a uma declaração do presidente do STF, ministro Luiz Fux, e disse, em tom acusatório, estar de acordo com o que foi levantado pelo magistrado. Em pronunciamento antes do início da sessão plenária de hoje, que retoma o julgamento do marco temporal das terras indígenas, Fux pediu "respeito à integridade das instituições democráticas" nas manifestações que ocorrem no feriado.

"Parabéns mais uma vez ministro Fux. É isso que eu quero, vossa excelência quer, Arthur Lira quer, [Rodrigo] Pacheco quer. Mas muitas vezes falta olhar para dentro de nós mesmos para ver se nós não somos aquela pessoa que está turvando aquela água", disse Bolsonaro.

O presidente também afirmou que "está faltando uma ou outra autoridade ter a humildade de reconhecer que extrapolou" e que "não é só o Executivo que tem que engolir sapo, o poder judiciário também tem que engolir". ( O Povo)

Últimas notícias