Banner Prefeitura de Fortaleza

Banner Camara de Fortaleza

Banner BNB

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Vereadores cratenses discutem projeto que cobra pela instalação de postes por empresas


No Crato, os vereadores discutiram o projeto de Lei do prefeito municipal que o autoriza a cobrar da Enel e de empresas de telefonia e internet o uso do solo, através dos postes nas calçadas.

O líder do prefeito na casa, Renan Almeida (PATRI), afirmou que a Lei já deveria existir, e explica que haverá uma cobrança pelos postes instalados nas calçadas apenas de instituições públicas. De acordo com o vereador, haverá um levantamento para a definição de um valor e logo em seguida as empresas serão notificadas a pagar as taxas.

O vereador Bebeto Anastácio (PODE) afirmou que o projeto serve para mostrar a Enel quem manda no Crato "Quem manda aqui somos nós, quem manda é o povo" declarou. De acordo com Bebeto a empresa humilha a população e já chegou a humilhar também a Câmara Municipal e o poder executivo. O parlamentar disse ainda que a empresa recebe milhões e mesmo assim desrespeita a todos.

Thiago Esmeraldo (PP) questionou onde seriam investidos os valores arrecadados pelo município. O vereador destacou que o Crato ainda necessita de uma extensão de rede, pois há locais que não possuem energia e outros que tem um fornecimento prejudicado. O projeto acabou sendo aprovado em primeira votação.

Na ocasião, o tesoureiro da Associação de Assistência às Pessoas com Câncer (AAPEC), Haroldo Araújo, usou a tribuna para reivindicar que seja feita uma campanha em parceria com o poder público para conscientização sobre a doença renal. Haroldo destacou que o objetivo é ter um momento para divulgar o crescimento da doença através das pessoas que chegam a hemodiálise. Segundo o tesoureiro, são mais de 800 pessoas afetadas por doenças renais e as clínicas já estão superlotadas.

(Assessoria de Câmara Municipal)

Últimas notícias