Banner Dengue CE

Banner Prefeitura de Fortaleza

terça-feira, 16 de julho de 2019

Cinturão das Águas precisará de crédito suplementar para terminar obras

Guilherme Landim está à frente da Comissão Especial Parlamentar

O andamento das obras do Cinturão das Águas está em risco. O projeto, que recebeu investimento federal de R$ 10 milhões este ano, precisa agora que parte do crédito suplementar de R$ 500 milhões aprovado pelo Congresso para transposição do Rio São Francisco seja direcionado para as obras.

Apesar de haver planos de realizar o pedido, ainda não há data para a solicitação. De acordo com Guilherme Landim (PDT), que preside Comissão Especial para acompanhamento das obras de transposição do rio São Francisco, após visita recente às obras no Cariri foi decidido apresentar relatório. A ideia é que do crédito suplementar de R$ 500 milhões sejam direcionados R$ 150 milhões para a transposição e R$ 170 milhões para o Cinturão das Águas.

A segunda obra é fundamental para o Ceará, pois sem ela a transposição do Rio São Francisco não conseguirá chegar a todos os locais do Estado. Ao POVO Online, o deputado Guilherme Landim falou sobre estratégia para manter programação de entrega em um momento com sensação de paralisia nos investimentos.

“O investimento não tem perspectiva de recurso federal, nenhuma resposta do Ministério. Está faltando R$ 170 milhões e não se tem essa resposta. Vamos levar esse questionamento ao Ministério. Que com esse crédito suplementar esse recurso possa chegar para o trecho do Ceará (do Rio São Francisco) e também para esse trecho emergencial do cinturão”.

(O Povo)

Últimas notícias