sábado, 24 de novembro de 2018

Senado nega que empréstimo para Fortaleza foi protocolado na Casa


O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), divulgou em nota e nas redes sociais uma certidão atestando que todas as mensagens solicitando autorização de empréstimo para o Estado do Ceará e seus municípios, que chegaram durante sua gestão, já foram devidamente aprovadas. O documento foi emitido pelo Secretário-Geral da Mesa do Senado, Luiz Fernando Bandeira de Melo Filho, e afirma que nenhuma outra mensagem além destas foi protocolada junto ao Legislativo.

Entre os empréstimos aprovados pelo Senado na gestão de Eunício à frente da Casa, estão os 123 milhões de dólares para o programa Proexames II, voltado a melhorias na saúde, os R$ 65,4 milhões de dólares para o programa Proredes, destinado à construção de Cucas e outros equipamentos, e os 83,2 milhões de dólares para o programa Fortaleza - Cidade do Futuro, para a nova Beira Mar e Polo Gastronômico da Varjota.

Desta forma, o presidente do Senado assegura que um suposto empréstimo no valor de 150 milhões de dólares para o programa Fortaleza Cidade Sustentável, citado por aliados do prefeito como se tivesse sido barrado por Eunício, sequer chegou ao Legislativo.

“Conforme levantamento da Secretaria-Geral da Mesa do Senado, não há registro de protocolo junto ao Legislativo de qualquer outra mensagem solicitando autorização de empréstimo para o Estado do Ceará e seus municípios além daquelas que já foram devidamente aprovadas. Quaisquer informações divulgadas de forma contrária têm a única e intenção de confundir a população. Estarei como sempre estive, até o fim do meu mandato, à disposição de Ceará e seus municípios para tudo o que for destinado a melhorar a vida das pessoas, especialmente as que mais precisam”, assegurou Eunício, em post nas suas redes sociais.